Machine Learning otimiza estoque

Avaliação:

(1 Avaliação)

Por Redação SA Varejo - redacao@savarejo.com.br -

Com ajuda dessa tecnologia, software de gestão projeta a demanda com maior segurança para prever vendas futuras sem grandes riscos

O melhor estoque é o que vende. E para otimizar esse indicador tão importante no varejo alimentar, o software de gestão Kikker faz uso de dados e da inteligência artificial aplicada em machine learning – ou seja, com algoritmos sendo treinados constantemente. O objetivo é projetar a demanda com maior segurança para prever as vendas futuras sem grandes riscos, viabilizando pedidos de compras automáticos. Entre outros benefícios do software estão a prevenção de perdas e a solução de problemas que comprometem os resultados, a exemplo de ruptura, custos elevados com carregamentos e baixo giro dos produtos em suas respectivas curvas.

PRIORIDADE NA COBERTURA
Na prática, o sistema não adota um modelo simplista que se baseia apenas em médias. Pelo contrário, considera complexidades de um setor que não vende exatamente os mesmos produtos, nas mesmas quantidades a cada dia, semana, mês e ano. O objetivo do Kikker é cobrir a venda de forma eficiente, e não formar estoque. Ao utilizar a solução:

- Quanto maior for a venda e a margem de um produto, maior será seu estoque
- Itens geradores de imagem serão protegidos
- SKUs de pouca venda e baixa margem serão menos protegidos

RESULTADOS POSSÍVEIS

15% Redução nas perdas
25% Aumento na margem de contribuição
80% Queda na ruptura dos produtos críticos
30 a 60% Diminuição do estoque em dias

Mais informação: https://kikker.com.br/

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:        LinkedIn       ,       Instagram       e       Facebook       !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade