Tecnologia e serviços são essenciais como suporte ao crescimento da sua empresa

Avaliação:

(0 Avaliações)

Fernanda Vasconcelos - redacao@savarejo.com.br -

Fornecedores de soluções que permitem assertividade nas decisões e diferenciação nas estratégias falam das perspectivas para 2022

Tecnologia e serviços são cada vez mais importantes, seja para se ter uma maior assertividade nas decisões, seja para fidelizar clientes ou obter maior produtividade. Entenda a visão de alguns fornecedores sobre os desafios deste ano!

Foto: André Personal

“Vemos 2022 como um ano de expansão para a Senff, que tem o projeto de atender todo o País, acompanhando sempre de perto seu cliente mais antigo. O varejo precisa se desenvolver para atender o consumidor em todos os canais que ele deseja, e a Senff pode ajudar. Temos soluções de meios de pagamento que envolvem QR Code, reconhecimento facial, os métodos mais novos e os mais tradicionais. Então, podemos ser suporte dessa expansão do varejo. Outro ponto importante, temos a união entre o crédito e o comprador. Oferecemos aos nossos clientes a possibilidade de um cartão private label, com crédito rápido, da maneira que ele quiser e com a possibilidade de o consumidor final usar o celular como forma de pagamento. Notamos um varejo em busca dessas soluções e muito mais inovador e moderno que há dez ou 20 anos. Entendemos as dores e a alegria do setor porque somos parceiros e temos uma relação de muita confiança construída nesses 129 anos da nossa história, que também começou no varejo”
Marco Senff - Diretor comercial da Senff

Foto: Divulgação

“Em 2022, sinto que o varejo passará por um momento desafiador, com a chegada de muitos marketplaces vendendo produtos de supermercado, com a ampliação de canais como iFood e outros de entrega rápida e com algumas indústrias criando canais diretos de venda ao consumidor. Outros players da internet também estão se posicionando, como a Americanas, que comprou o SupermercadoNow, e a Magalu, com o Vipcommerce. Portanto, é o momento de o varejo se reposicionar para não perder o boom de negócios que conseguiu no pior período de restrição de circulação das pessoas. O grande ativo do varejo não são as lojas e sim a conexão com os clientes. Se pensar bem, todos esses players que citei querem isso: conexão. A Izio pode ajudar muito. Temos ferramentas de CRM que fazem mais do que identificar os hábitos de compra dos shoppers. A cada semestre trazemos inovação ao mercado. Neste ano, teremos o Promobot, um sistema de inteligência artificial que escolhe de forma automática a melhor oferta para cada cliente do varejo, mesmo que tenha 10 milhões de clientes. Nosso desafio é mostrar ao varejo que isso aumenta as vendas dele no longo prazo”
Christian Vincent - Fundador da IZIO

Foto: Divulgação

“O varejo se digitalizou na pandemia de forma acelerada e desenvolveu novas maneiras de atender o cliente. O consumidor também mudou e passou a privilegiar o consumo no varejo físico mais próximo e a aumentar as compras online. Capturar as oportunidades passa por entender os perfis de compra em cada ponto da rede e oferecer um mix e uma precificação que se adaptem às realidades locais. A Geofusion contribui para o crescimento sustentável do setor possibilitando conhecer o potencial de mercado, perfil de consumo, concorrência, entre outros dados, de cada quarteirão do Brasil. Assim permitimos ao varejo tomar decisões ainda mais assertivas quanto à melhor forma de atuar em um mercado – seja com lojas, dark stores, pontos de coleta ou pontos de distribuição –, considerando o perfil específico de cada mercado”
Susana Figoli - Diretora de inteligência de mercado da Geofusion

Foto: Divulgação

“Este ano mostra-se como um ano atípico e desafiador, com projeção de inflação de dois dígitos, aumento da taxa Selic, eleição presidencial. Alguns setores sofrerão mais, mas os supermercadistas terão uma movimentação de razoável a boa. A confiança será essencial para manter relações, ainda mais no caso da TBForte. Costumo usar nosso slogan para explicar: “Não transportamos dinheiro, transportamos valores”. Para estreitar a confiança e o relacionamento, estamos fazendo cada vez mais projetos personalizados, de forma bem cirúrgica, para entender o que o cliente precisa e oferecer uma solução loja a loja, mesmo que estejamos falando de uma grande rede. Temos, por exemplo, a possibilidade de oferecer um cofre inteligente com gestão centralizada. O business do meu cliente é vender alimentos e não cuidar do transporte de valores, saber se houve diferença ou se o dinheiro foi coletado. Nós fazemos isso”
Luciano Faria - Gerente executivo de negócios e relacionamento da TBForte

Matéria publicada originalmente na revista SA Varejo de janeiro/2022

Leia também:

Transparência, confiança verdadeira e conhecimento

Para a indústria, sucesso da relação com o varejo começa com o vendedor

Só há uma maneira de ampliar sell out e margem de forma conjunta

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                                                           LinkedIn                                                                                                          ,                                                                                                          Instagram                                                                                                          e                                                                                                          Facebook

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade