Delivery de supermercados chegam a faturar como grandes lojas

Avaliação:

(3 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Pedidos em restaurantes caem consideravelmente e varejo alimentar começa a conquistar essa demanda

Foto: Stock Adobe

O serviço de delivery se tornou essencial durante o período de isolamento social em razão da pandemia do Covid-19. Agora, além da praticidade, o consumidor também está em busca de rapidez. Se durante a pandemia o serviço de entrega de comida respondia por 80% das vendas dos bares e restaurantes, agora esse porcentual baixou para 20% e os supermercados começam a conquistar essa fatia perdida.

De acordo com Fábio Queiroz, presidente da Associação de Supermercados do Rio (Asserj), o delivery veio para ficar, e o segmento está aprimorando a logística. “Há supermercados que já têm faturamento em delivery equivalente a uma grande loja”, revela.

Com a demanda por rapidez, plataformas como iFood e Rappi lançaram opções de delivery em menos tempo. Outras empresas, como a Daki, vem investindo na modalidade de ultraconveniência. Para isso, as companhias espalham pelas cidades minicentros de distribuição, as chamadas de "dark stores". Nesses espaços é feito o armazenamento, a separação e o envio dos produtos que são entregues em perímetros curtos, possibilitando o delivery em até 15 ou 30 minutos.

Esse movimento não está restrito às grandes redes de supermercados ou às "dark stores" dos aplicativos de entrega. Pequenos mercados de bairro, que viram a demanda por entregas crescer substancialmente na pandemia, também se adaptaram e investem cada vez mais no nicho, que representa parte importante do faturamento.

No mercado Merko, na Tijuca, cerca de 60% das vendas já são via delivery. Para dar conta dos pedidos em no máximo uma hora, cinco dos 20 funcionários atendem os clientes por telefone e WhatsApp, e outros oito fazem as entregas, de bicicleta ou de moto. Os produtos mais vendidos são, geralmente, os que estão em oferta no dia, e a maioria dos clientes é idosa. O mercado planeja lançar, no próximo mês, um aplicativo e um site para captar clientes mais jovens.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                     LinkedIn                                                                     ,                                                                     Instagram                                                                     e                                                                      Facebook

 

Fonte: Extra

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade