Troco arredondado alia causa social a equipe motivada

Avaliação:

(2 Avaliações)

Patrícia Büll -

Fazer parte do Movimento Arredondar não traz custos para o varejista e ainda ajuda a reduzir o problema da falta de troco

Fotos: Divulgação

Desde 2018, os clientes do Quitanda , localizado em São Paulo, são convidados a arredondar o valor de suas compras ao passar pelo checkout. Uma compra de R$ 48,90, por exemplo, pode se transformar em R$ 50.

A diferença entre os valores, que ganha volume conforme mais pessoas fazem o mesmo, é destinada a duas entidades escolhidas pela varejista. Esse ciclo de responsabilidade social, que contribui para o consumidor se sentir bem, faz parte do Movimento Arredondar.

Além do Quitanda, que fica no bairro de Pinheiros, na capital paulista, também aderiram ao programa Pão de Açúcar, Minuto Pão de Açúcar e Mini Extra, todas bandeiras do GPA. A lista conta ainda com empresas de outros segmentos, como Burger King, Petz e Gol.

Fazer parte do Arredondar não traz custos para o varejista e ainda ajuda a reduzir o problema da falta de troco. Outro benefício é que alia a marca a uma causa social, o que ganha importância aos olhos do consumidor em tempos de pandemia. Como parte da transparência, o cliente recebe, no caixa, um comprovante no valor da sua doação, que não é tributada. Toda a operação é auditada pela PwC anualmente e disponibilizada no site do Arredondar.

O movimento também ajuda o varejo na implementação técnica, fornece apoio contábil, consultoria na escolha das causas que serão beneficiadas e desenvolve ações de engajamento e comunicação para o público e os colaboradores.

“O desafio é ampliar as parcerias com os varejistas para eles se tornarem o caminho para a doação. Pesquisa do DataFolha apontou que 96% dos brasileiros querem ser mais solidários, mas muitas vezes não sabem como. O Arredondar se propõe a ser esse caminho, pois se torna o fiel depositário do varejista e faz a gestão da doação sem qualquer interferência na operação”

ARI WEINFELD
Fundador do Movimento Arredondar

10 anos de atuação do Arredondar

35 milhões de atos de doação por meio dos clientes de seus parceiros

7,2 milhões de reais valor total das doações realizadas até agora

Fonte: Arredondar

QUITANDA - MOTIVAÇÃO PARA O TIME E OS CLIENTES

Para incentivar o consumidor a arredondar o valor de suas compras, o Quitanda utiliza comunicação nos checkouts com informações mais detalhadas sobre o movimento e as instituições apoiadas, a Prato Cheio e o Cren (Centro de Recuperação e Educação Nutricional), voltados ao combate à fome e ao desperdício de alimentos. Também foi criado um QR Code que leva para o site das duas ONGs e do Movimento Arredondar.

“Nesse tipo de ação, oferecemos ao cliente a oportunidade de apoiar causas importantes”, conta Beatriz Costa, especialista em Sustentabilidade e Eventos do Quitanda. “Entre as várias ações sociais que apoiamos na empresa, ser parceiro do Arredondar foi uma oportunidade de expandir as possibilidades de engajamento do time, para que eles também sejam solidários a causas”, diz ela.

A Associação Prato Cheio, uma das escolhidas pelo Quitanda, é uma organização que, desde 2001, coleta alimentos que normalmente seriam desperdiçados em vários estabelecimentos beneficentes da capital paulista. Eles são transportados para 52 instituições, onde complementam 3 refeições diárias de 17 mil pessoas por semana.

O Cren atua desde 1993 na recuperação de crianças e adolescentes desnutridos, especialmente moradores de comunidades socioeconomicamente vulneráveis. A ONG, que tem a ajuda do Quitanda, já beneficiou mais de 7,5 mil hões de pessoas

TRANSPARÊNCIAS E PRESTAÇÃO DE CONTAS

Segundo Beatriz Bouskela, diretora executiva do Arredondar, as ONGs beneficiadas devem prestar contas dos recursos. O próprio varejista escolhe a causa e as organizações, já avaliadas e certificadas, que vai apoiar. As ONGs precisam atender critérios, como ser juridicamente uma associação sem fins lucrativos, ser 100% laica e apartidária, possuir pelo menos duas outras fontes de captação de recursos e estar alinhada a pelo menos um dos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas para a Agenda de 2030.

A Associação Prato Cheio , por exemplo, faz parte do movimento desde 2018 e já recebeu mais de R$ 130 mil a partir dos centavos arredondados. “O bacana é que podemos usar os recursos de forma irrestrita”, avalia Nuria Chaim, gerente-geral da associação. Os valores recebidos são utilizados no pagamento do transporte, na coleta, na triagem e na entrega dos alimentos a 52 instituições. Os recursos também pagam parte do salário da nutricionista. Neste período de pandemia, foram direcionados ainda para aquisição de produtos e equipamentos de segurança, como álcool em gel, máscaras, luvas e toucas.

“Na comemoração de três anos da nossa parceria com o Arredondar, estamos realizando um mês de gincana. Trata-se de uma disputa divertida e inspiradora entre os times da manhã e da tarde para ver quem converte mais transações em arredondamentos”

BEATRIZ COSTA
Especialista em Sustentabilidade e Eventos do Quitanda

Ações que engajam os colaboradores

  • Treinamento
  • Visitas às instituições beneficiadas
  • Participação nos eventos comemorativos de aniversário do Movimento Arredondar na loja
  • Acesso a de conteúdo nas redes sociais
  • Transparência nas informações

96 mil reais valor das doações já repassadas ao Cren e à Associação Prato Cheio pelo Quitanda

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                        LinkedIn                                       ,                                       Instagram                                       e                                       Facebook                                       !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade