Produtos com embalagens amassadas são os novos queridinhos nos supermercados

Avaliação:

(8 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Estratégia beneficia todos os elos da cadeia; fornecedores e varejistas evitam desperdícios e o consumidor paga menos

Foto: Stock Adobe

Depois dos “vencidinhos”, agora é a vez dos “feinhos”, produtos com embalagens amassadas, mas sem o comprometimento de qualidade, que estão ganhando espaço nos supermercados. Essa modalidade beneficia o consumidor, que paga menos e mantém o padrão de compra, o fornecedor que não tem devolução, e o supermercadista que vende o produto.

A prática ainda caminha de forma lenta no Rio, mas o Superprix já adotou a estratégia. Os clientes encontram descontos que variam de 10% a 50%. De acordo com Viviane Areal, diretora da rede Superprix, algumas marcas negociam trocar os produtos que vão vencer por outros com maior validade. Já para as marcas que não têm essa negociação, as mercadorias são descartadas.

"No SuperPrix, quando estão próximos das datas de vencimento, os produtos são remarcados com promoções, que ficam próximas dos caixas ou em locais de destaque, para chamar a atenção dos clientes. Essas ofertas são frequentes e acontecem em todas as lojas", explica a diretora.

A Associação de Supermercados do Estado do Rio de Janeiro (Asserj) incentiva muito esse tipo de iniciativa, que é boa para todo mundo: para a indústria, que escoa a produção, para o supermercado, que garante a venda, e para o consumidor, que neste momento está muito atento a preço e consegue uma grande oportunidade, principalmente o de baixa renda.

"Ele consegue ter acesso ao produto que está absolutamente próprio para o consumo e com o preço bem mais em conta. Além disso, esse tipo de comercialização evita o desperdício de alimentos, porque, se vencessem na prateleira, obviamente seriam descartados", avalia Fábio Queiróz, presidente da Asserj.  

Em São Paulo, já há estabelecimentos comerciais especializados na venda dessas modalidades.

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                LinkedIn                ,                Instagram                e                 Facebook

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade