Assaí vende lojas para o fundo TRX Estate FII

Avaliação:

(4 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

O valor da operação foi de R$ 364 milhões e prevê o aluguel dos pontos para a rede

Foto: Divulgação

O Assaí fechou acordo com o fundo TRX Estate FII para a venda de cinco lojas pelo valor de R$ 364 milhões. A rede de atacarejo pagará aluguel para o novo dos imóveis que estão localizados em São Paulo, Rio de Janeiro e Rondônia. A empresa, que já fez esse tipo de operação no ano passado, estuda se desfazer de outros ativos neste formato de transação.

Segundo fontes ouvidas pelo Valor Econômico, a iniciativa é uma forma para a companhia levantar caixa, após a cisão do Assaí do GPA, quando o atacarejo acabou ficando com a dívida da aquisição da varejista colombiana Éxito pelo GPA, anunciada em 2019. O Assaí gera caixa e é considerado autosustentável, mas acabou absorvendo essa dívida depois que o GPA e a rede se separaram meses atrás.

Atualmente, o Assaí tem 190 unidades espalhadas pelo país e a previsão de abertura de 78 unidades entre 2021 e 2023. Com a operação, a rede reduz a alavancagem e pode acelerar a abertura de lojas, mas o valor da locação entra na linha de despesas mensais.

Os contratos de locação foram fechados na modalidade “sale and leaseback”, com imóvel negociado sendo locado para a rede após a venda, e “built to suit”, com construção feita sob medida para a empresa utilizá-lo. O acordo foi fechado por 20 anos, podendo ser renovado pelo mesmo período.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                        LinkedIn                                       ,                                       Instagram                                       e                                       Facebook                                       !

 

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade