4 passos para formar um time preparado para a era digital

Avaliação:

(0 Avaliações)

Lucas Marques -

Confira o que você pode aprender com empresas de tecnologia para atrair uma equipe de primeira

Google em Zurique
Ambiente despojado deixa a equipe mais à vontade para trocar ideias sobre inovações

É possível notar ultimamente um número crescente de empresas de um segmento específico nos rankings de melhores lugares para se trabalhar no Brasil. Em pesquisa realizada pela GPTW (Great Place to Work) grande parte das primeiras colocadas é da área de tecnologia. Algo semelhante acontece no cenário mundial, em que as três companhias que mais se destacam também são desse setor. A presença delas no ranking é consequência de medidas tomadas para transformar o ambiente de trabalho em um lugar atraente para o time de tecnologia, conseguindo reter esses profissionais. Neste artigo, vamos explorar alguns pontos que essas empresas têm em comum e que estão relacionados com a qualidade de vida do funcionário e também com o crescimento da empresa. Essas medidas podem e devem ser aplicadas em outros segmentos, incluindo o varejo. Elas ajudarão a formar um time diferenciado para conduzir a companhia para a era digital.

1. Ambiente informal
Entre empresas de tecnologia, em geral, não há separação física de graus hierárquicos. No mesmo ambiente, ficam gerentes, coordenadores, analistas e estagiários. Essa horizontalidade facilita o trânsito de informações e a velocidade na resolução de problemas e no desenvolvimento de soluções. Além disso, o colaborador se sente incluído nas decisões e entende a importância do seu trabalho.

2. O fracasso faz parte do dia a dia
Projetos que deram certo são sempre divulgados. Mas pouco se fala que, para desenvolver uma nova tecnologia, é preciso experimentar. Logo, haverá falhas. Com pequenos ou grandes solavancos, esses testes precisam ser incentivados para se alcançar uma grande inovação. Um exemplo é o “Google Glass”. A ideia de ter um computador em um objeto do cotidiano das pessoas, como os óculos, era incrível. O produto foi desenvolvido, mas o público não o recebeu bem. Apesar de todo o investimento, nenhum funcionário foi demitido. Para se sentirem estimulados a arriscar, eles precisam se sentir seguros.

3. Tratamento dos funcionários
Ao se formar um time capaz de promover a transformação digital, é preciso também adotar mudanças internas. Não se consegue manter ótimos funcionários se eles forem tratados de forma hostil e se estiverem sob constante pressão. Os colaboradores precisam estar confortáveis e à vontade para propor novas formas de realizar tarefas, arriscar e errar. Caso contrário, acabam trocando a empresa por outra que os trate como gostariam.

4.Processo de contratação diferenciado
Em empresas de tecnologia, a contratação acontece com base na habilidade do candidato em aprender rápido e em usar a tecnologia para resolver problemas – e não em rótulos. Os assuntos mais importantes em processos tradicionais, como o diploma, qual curso e a idade não são relevantes. A experiência prévia dos candidatos é menos importante que a capacidade de aprendizado, já que o conhecimento de tecnologia se torna obsoleto muito rápido e novas tendências estão sempre surgindo.

Para se construir um time de tecnologia, o primeiro passo é contratar um profissional que tenha o perfil acima. Ele irá auxiliar o varejista no processo seletivo e terá maior conhecimento sobre as características que os demais integrantes do time de transformação digital deverão ter.

Mas, para os avanços acontecerem, a principal mudança é na forma de pensar do varejo. Sem isso, todo esforço de construir um ótimo time será em vão. Usar frases como “nesses 30 anos de história, chegamos até aqui fazendo isso, não vou mudar agora” pode até ser seguro, mas não trará crescimento. É preciso estar aberto, escutar e aprender com esse novo time.

Lucas Marques * Formado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal de Minas Gerais, trabalhou na Ambev por três anos, atua na Fundação D. Cabral e é COO no Méliuz

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn  Instagram   e   Facebook   !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade