Saiba como transformar 50% das quebras em vendas, margem e dinheiro no caixa

Avaliação:

(7 Avaliações)

Conteúdo patrocinado por b4waste -

É isso o que varejistas vêm alcançando ao utilizar uma solução que, além de conectar consumidores a produtos perto de vencer, não gera custos e está alinhada às práticas de ESG


Foto: Divulgação
 
 
Mambo, Emporium São Paulo e Natural da Terra são alguns varejistas que aderiram à b4waste , uma solução na qual os consumidores podem comprar produtos próximos ao vencimento com preços cerca de 50% menores. Essas e outras empresas têm conseguido resolver mais da metade das suas quebras, transformando itens que seriam descartados em dinheiro no caixa do supermercado.
 
“O aplicativo funciona como uma gôndola digital de itens perto de atingir seu prazo de validade”, afirma Daniel Neuman, fundador e CEO da b4waste. “É um canal complementar que também ajuda o varejista a escoar mais rapidamente esses produtos. E, por ser digital, alcança uma base muito grande de consumidores”, completa. A plataforma já contabiliza mais de 200 mil produtos vendidos. 
 
A adesão ao aplicativo também pode contribuir para os varejistas preservarem a lucratividade. Explica-se: quando a venda dos itens perto de vencer, que são mais baratos, é concentrada principalmente no aplicativo, o espaço na gôndola da loja física pode ser destinado majoritariamente aos produtos com preço normal. Na ponta do lápis, isso pode aumentar a margem em valor e o faturamento do supermercado.
 
Outras vantagens
 
Ao participar da plataforma, o varejista não tem custo. A b4waste se encarrega de desenvolver uma “loja” para o supermercado dentro do aplicativo. O processo é rápido e permite iniciar um piloto em torno de dois dias.
 
A b4waste é responsável ainda pelas ativações que visam atrair consumidores para o aplicativo. Há dois perfis que se destacam: o das pessoas que buscam produtos mais baratos e o dos clientes que procuram um consumo mais sustentável.
 
Nesse sentido, a solução está alinhada às principais questões de ESG – sigla em inglês para práticas voltadas ao meio ambiente, ao social e à governança. Uma delas é a redução da fome, pois a plataforma contribui para evitar o desperdício, que, no Brasil, chega a 9 milhões de toneladas de alimentos no período de um ano. Outro aspecto importante é a diminuição de poluições geradas pelas perdas desses produtos, que são responsáveis pela emissão de 10% de todos os gases nocivos à camada de ozônio.
 
A plataforma contribui ainda para os varejistas diminuírem a geração de carbono negativo a partir da venda dos itens que seriam desperdiçados – algo significativo na agenda ESG, na qual o impacto de carbono terá de ser equilibrado pelas empresas. 
 
Como funciona a solução
 
O primeiro passo é realizar uma avaliação com o supermercado para entender o nível de perdas
A partir disso, é criado um cadastro para o varejista, que recebe uma “loja” pronta dentro do aplicativo
A b4waste ministra treinamento para o supermercadista, além de dar suporte constante
O varejista é responsável por subir na plataforma os produtos que serão ofertados na “loja” e as informações, como data de validade, preço e quantidade de itens disponíveis
Ele também deve se encarregar da operação e da gestão. Para isso, tem acesso a um painel administrativo
A b4waste é remunerada por meio de uma comissão sobre a compra do consumidor
A entrega do pedido é feita pela plataforma. O consumidor tem ainda a opção de retirar o produto, o que pode ajudar a gerar a venda de outros itens disponíveis na loja física
 
Para saber mais, entre em contato pelo e-mail: contato@b4waste.com.br
 
 

 

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade