Lactalis conclui aquisição da Itambé

Avaliação:

(5 Avaliações)

Por Redação SA Varejo -

Empresa mineira seguirá com gestão independente

 
A compra da CCPR/Itambé pela Lactalis do Brasil foi concluída ontem (10/7), criando uma empresa com faturamento de quase R$ 8 bilhões, responsável pelo processamento de 2,3 bilhões de litros de leite por ano, o que representa 9,4% da produção formal no Brasil.
 
De origem francesa, a Lactalis adquiriu 100% do capital da Itambé. Já a CCPR (Cooperativa Central dos Produtores Rurais de Minas Gerais) garantiu contrato de fornecimento de leite de longo-prazo, mirando o crescimento sustentado das bacias leiteiras de Minas Gerais e Goiás, conforme informado em comunicado à imprensa.
 
 
Com a aquisição, o Brasil passa a ser a quinta maior operação do grupo francês em todo o mundo. “A Lactalis tem como visão valorizar as marcas que adquire, maximizando a capacidade produtiva e buscando oportunidades de sinergia para o crescimento do negócio. Com a aquisição da Itambé, praticamente dobramos a nossa presença no Brasil. Além disso, ganhamos com toda a expertise desenvolvida pela empresa ao longo da sua história. Por isso, a Itambé segue com gestão independente baseada em Minas Gerais, próxima de seus consumidores e fornecedores”, afirmou Patrick Sauvageot, CEO da Lactalis para a América Latina. 
 
“A CCPR criou e conduziu a Itambé ao longo dos seus primeiros 70 anos de vida. Mas, para garantir a tranquilidade do nosso produtor pelas próximas décadas, precisávamos escolher um parceiro forte e com experiência no relacionamento com cooperativas, o que é algo bastante importante. Nossa opção pela Lactalis se deu muito em função das relações de sucesso que ela estabeleceu com produtores de todos os tamanhos, em várias regiões do planeta. Nossas origens e valores são muito similares”, explicou Marcelo Candiotto, presidente da CCPR. “Nosso acordo traz o melhor de dois mundos. De um lado, a certeza de que a Itambé continuará a crescer num mercado cada vez mais consolidado e competitivo. De outro, a tranquilidade de termos um contrato de fornecimento exclusivo e de longo prazo, que valoriza nosso leite e nosso produtor. Daqui para frente, a CCPR se concentrará na captação e apoio ao campo, enquanto a Itambé focará no desenvolvimento e fabricação dos melhores produtos, de Minas e Goiás para o Brasil todo”, concluiu o executivo.
 
A concretização do negócio se tornou possível em razão de um acordo firmado globalmente entre o grupo Lactalis e o grupo Lala, que resolve em definitivo a transferência da Itambé para a multinacional francesa.
 
Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:   LinkedIn  Instagram  Facebook  !

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade