Com Prime no Brasil, Amazon incomoda varejistas e até Netflix

Avaliação:

(1 Avaliação)

Por Redação SA Varejo -

Frete grátis nas compras e serviço de streaming estarão à disposição dos assinantes brasileiros

O aguardado anúncio da chegada do Amazon Prime ao Brasil finalmente saiu e ocasionou queda nas ações de varejistas concorrentes como Magazine Luiza, Lojas Americanas e Via Varejo. Mas o efeito desse importante salto da companhia de Jeff Bezos no País vai muito além da bolsa de valores.

Por um valor mensal de R$ 9,90 – ou total de R$ 89 no plano anual – consumidores brasileiros poderão comprar na Amazon com frete grátis e receber produtos em mais de 90 cidades, incluindo grandes regiões metropolitanas como São Paulo, Rio de Janeiro, Recife, Salvador, Belo Horizonte, Fortaleza e Brasília. O impacto no e-commerce brasileiro é aguardado com ansiedade no mercado, e a próxima Black Friday, que acontece dentro de pouco mais de dois meses, poderá ser um termômetro para indicar eventual estrago feito pela Amazon na concorrência local.

Mas não são apenas os players do comércio eletrônico que devem observar com atenção o avanço da Amazon no Brasil. Os efeitos da chegada do serviço Prime pode afetar até mesmo a Netflix. O serviço de streaming da Prime Video, que opera desde 2016 no Brasil e conta atualmente com 2,5 mil títulos em catálogo, oferecerá preço mais baixo que o concorrente e upgrade automático para o Amazon Prime a quem já é assinante. 

Inédito no Brasil, o Prime Music chega com mais de 2 milhões de músicas na versão básica e mais de 50 milhões no serviço premium Amazon Music Unlimited. Atualmente, o concorrente Spotify é o mais popular nessa categoria.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:   LinkedIn  Instagram  Facebook  !

 

Fonte: Estadão

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade