Perdas na área de refrigerados caem 50% com uso de internet das coisas

Avaliação:

(3 Avaliações)

Por Redação SA Varejo - redacao@savarejo.com.br -

Tecnologia permite maior controle da oscilação de temperatura, evitando que produtos se estraguem

Uso de sensores Solução da Nexxto processa informações em nuvem e gera dados relevantes para tomada de decisão

A oscilação da temperatura nos equipamentos refrigerados gera prejuízo com produtos estragados. Entre os mais críticos, estão laticínios e carnes. A Nexxto é uma das empresas que oferecem uma solução que utiliza a Internet das Coisas para reduzir o problema. Estimativas apontam que, a cada 10º C de alta na temperatura de conservação, diminui em três vezes o tempo de vida útil da carne, por exemplo. “Nossa solução usa o conceito de Internet das Coisas , uma vez que capturamos, por meio de sensores sem fio, as informações de temperatura dos equipamentos, processamos na nuvem e geramos dados úteis para os varejistas evitarem perdas e aumentarem a eficiência operacional”, afirma Antonio Rossini, CEO da Nexxto.

  • 50% de queda nas perdas totais, em média, após adotar a solução

?

Rossini explica que o monitoramento é online. O usuário recebe alertas por e-mail ou SMS em caso de oscilação em relação à temperatura de referência, seja para cima ou para baixo, registrada pelos sensores nos equipamentos. “Temos o caso de um cliente que evitou um incêndio ao receber uma notificação de madrugada de um aumento grande da temperatura de uma das geladeiras. Ele acionou o time de operações local, que identificou um curtocircuito no motor do compressor, que já estava em chamas. Devido à rapidez, o fogo foi apagado sem maiores consequências”, afirma.

Segundo Rossini, o investimento depende do número de pontos que serão monitorados. Para o uso da solução, é cobrada uma mensalidade. “Quanto mais equipamentos, menor o valor a ser pago”, diz. O retorno do investimento se dá em torno de 12 a 18 meses. Entre as redes que usam a solução estão Mercadinhos São Luiz (CE), Hirota (SP), Bergamais (SP), Cencosud (SE) e Althoff (SC).  

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn   ,   Instagram   e   Facebook   !

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade