Cientistas criam coração 3D e mostram importância de desafiar certezas

Avaliação:

(0 Avaliações)

Por Redação SA Varejo - redacao@savarejo.com.br -

Exemplo da ciência deixa claro que enfrentar crenças limitantes é a chave para evoluir. Inclusive na carreira e nos negócios

Um coração minúsculo, mas pulsante, com vasos sanguíneos, músculo, ventrículos e câmaras, feito com tecido humano de um paciente, foi criado recentemente pelo processo de impressão 3D. Conduzido pelo Laboratório de Engenharia de Tecidos e Medicina Regenerativa, da Universidade de Tel Aviv , o feito abre caminho para novas tecnologias de transplante de órgãos e tecido, com as quais os pacientes não precisarão esperar por doações e nem tomar medicamentos para evitar rejeição. Os órgãos serão totalmente personalizados.

No experimento dos cientistas israelenses, as células retiradas do tecido adiposo do doador foram carregadas em uma bioimpressora, que levou de 3 a 4 horas para imprimir o órgão. Após vários dias de incubação com oxigênio e outros nutrientes, o coração começou a bater espontaneamente. Desafiar certezas e tentar o impossível é a chave para a evolução – na ciência e nos negócios.

Fonte sites: NoCamels e Abundance-Insider

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn   ,   Instagram   e   Facebook   !

Veja mais sobre: Coração 3D, Foco, Meta, Evolução

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade