Walmart vende controle de rede de supermercados no Japão

Avaliação:

(1 Avaliação)

Reportagem SA Varejo -

Companhia norte-americana tem trocado atuação em mercados de crescimento lento por investimentos no comércio eletrônico

Uma semana depois de vender 100% de sua operação na Argentina , o Walmart anunciou acordo de US$ 1,6 bilhão pela participação majoritária que detinha na rede japonesa de supermercados Seiyu . A aquisição foi feita pela empresa de investimentos KKR, que terá 65% das ações. Já a gigante norte-americana manterá apenas 15% de participação, enquanto os 20% restantes serão da Rakuten, companhia japonesa de tecnologia que já era sócia no negócio.

Encerra-se, assim, um ciclo de 18 anos no qual o Walmart foi o controlador da rede de supermercados Seiyu. A varejista norte-americana tem se movimentado para reduzir sua presença em mercados nos quais cresce lentamente com lojas físicas para focar nas estratégias de e-commerce, cujo avanço tem sido exponencial.

Além dos recentes acordos na Argentina e Japão, a empresa também vendeu a rede britânica Asda . Dois anos atrás, já havia negociado o controle da operação no Brasil, onde agora detém menos de 20% de participação no atual Grupo Big. Por outro lado, também em 2018 a empresa fez a maior aquisição de sua história: com foco no comércio eletrônico, comprou cerca de 77% das ações da empresa de tecnologia Flipkart – criada na Índia e hoje registrada em Singapura –, em um negócio de US$ 16 bilhões.    

 Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:         LinkedIn        ,        Instagram        e        Facebook        !

 

 

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade