Sortimento deve acompanhar mudança de comportamento

Avaliação:

(5 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Varejista precisa ser assertivo nas opções que oferece, já que consumidor diminuiu frequência e tempo no PDV

Foto: iStock

Se há uma certeza que a pandemia trouxe em relação ao consumo é a mudança no comportamento do consumidor. É certo que as visitas aos supermercados diminuíram, a preocupação com alimentação saudável aumentou, assim como o tíquete médio. Segundo Leila Okumura, co-fundadora da Local.e, plataforma digital que conecta varejistas e marcas locais, esses novos hábitos exigem a revisão do sortimento de produtos.

Estudo da Nielsen pontua que os consumidores reduziram a frequência de visitas aos supermercados, assim como estão passando menos tempo nas lojas. “Por conta disso é fundamental repensar a organização na loja para ajudar o cliente a encontrar o que procura de maneira rápida, como evitar grandes variações na exposição dos produtos”, explica.

A busca por alimentação saudável é outra preocupação que aumentou com a pandemia. Segundo Leila, as categorias de alimentos frescos e opções saudáveis tiveram aumento significativo em vendas. Como exemplo ela cita a rede Enxuto, que aumentou em 20% o número de SKUs da categoria de saudáveis e teve um aumento de 12% em vendas no segmento.

A empresária destaca também o aumento do consumo de bebidas e produtos associados à indulgência durante a pandemia. Fatores que pedem uma revisão na categoria de bebidas com o aumento da diversidade de produtos. Assim como maior sortimento de produtos de indulgência, como doces e chocolates.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:           LinkedIn          ,          Instagram          e          Facebook          !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade