Solução transforma celular Android em coletor de dados

Avaliação:

(4 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

ColetorPro, lançado pela Softectsul, promete economia de 60% com contagem de estoque

 

A Softecsul criou a solução ColetorPro , que propõe reduzir o custo com gestão de estoque, ao usar como coletor de dados um celular. O aplicativo pode ser instalado em quantos celulares Android forem necessários. “Ou seja, quanto mais pessoas usando, maior a produtividade”, afirma Athos Branco, diretor de projetos e inovação da Softecsul.

A empresa tem focado seus negócios na oferta de soluções para gestão de estoque e elaboração de inventário. Athos conta que o desenvolvimento do ColetorPro levou em consideração também a necessidade de as empresas cumprirem obrigações fiscais como o Bloco X e o Sped fiscal, que demandam muitos cálculos e complicam o dia a dia dos varejistas, em particular os pequenos. “Ao transformar os celulares Android em coletores de dados, derrubamos drasticamente o custo da gestão de estoque. E isso é só o começo”, diz Athos Branco.

Resultado

60% de economia gerada com contagem de estoque, segundo a empresa

Como funciona

A solução funciona da seguinte maneira: o celular captura os dados e os armazena dentro de um aplicativo que, por sua vez, remete as informações a um website no qual os dados são processados e analisados. “Além de facilitar a operação, otimiza processos de entrada de mercadorias, balanços, inventários, gestão de gôndolas, rápida localização de rupturas e pesquisa de campo” explica o diretor. “Diminui ainda custos com as coletas de dados manuais e seus inevitáveis erros de digitação ou anotação”, acrescenta.

Funcionalidades

  • Monitora o recebimento de mercadorias nas entradas, coletando e validando o recebimento com conferência “cega”, com base no XML do fornecedor
  • Produz auditorias imediatas de produtos na gôndola, nas prateleiras e nos estoques, com controle da ruptura, dos problemas nas etiquetas de preços e das solicitações de compra
  • Coleta dados de estoque físico para validação de inventário, comparando as quantidades coletadas com as do estoque no ERP. Pesquisa ainda preços de produtos em concorrentes, viabilizando a comparação com os preços da empresa

Pré- requisitos

  • Contar com smartphone do sistema Android e uma boa conexão de internet
  • Comprar um leitor de código de barras, que é acoplado ao celular, facilita a tarefa de coleta. O aparelho, de acordo com Athos, custa em torno de R$ 175 no mercado
  • Ligar o leitor ao celular, o que permite, segundo Athos, uma leitura ainda mais rápida dos códigos de barras. “Claro que usando a câmera do celular isso também é possível, porém, com o uso do leitor, aumentamos a velocidade e a precisão nas leituras”, conclui o diretor de projetos e inovação.

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:   LinkedIn  Instagram  Facebook  !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade