Setor de supermercados é o único do varejo a ampliar vendas em março

Avaliação:

(2 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Avanço foi 3,3% em relação a fevereiro, segundo o IBGE

Foto: iStock

As vendas totais do varejo brasileiro caíram 0,6% em março, conforme dados oficiais do IBGE. A análise compara com fevereiro. Já em relação a março de 2020, primeiro mês da pandemia, houve aumento de 2,4%. 

Sete das oito atividades varejistas pesquisas tiveram queda de vendas em março de 2021, na comparação com o mês imediatamente anterior. A única exceção foi o grupo que engloba supermercados, hipermercados, produtos alimentícios e fumo. Segundo o IBGE, o segmento registrou avanço de 3,3%.

Além das dificuldades econômicas enfrentadas por parte expressiva da população, o fechamento do comércio não essencial em diversas regiões do país pode ter afetado os resultados no terceito mês do ano. O segmento a registrar a queda mais brusca foi o de tecidos, vestuário e calçados (-41,5%). seguido de móveis e eletrodomésticos (-22%)

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                     LinkedIn                                    ,                                    Instagram                                    e                                    Facebook                                    !

Fonte: Valor Econômico

Veja mais sobre: Comércio, Varejo, Vendas

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade