Saiba qual crescimento é esperado no setor de e-commerce em 2021

Avaliação:

(2 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Avaliação é de que o desempenho do comércio eletrônico no ano que vem será impulsionado por quatro fatores

Foto: Divulgação

Após um 2020 histórico, o setor de e-commerce projeta novo crescimento expressivo no ano que vem. A estimativa da  Ebit|Nielsen , refere^ncia de mensurac¸a~o e ana´lise do come´rcio eletro^nico no pai´s, é de aumento de 26% nas vendas online em 2021. Caso se confirme, o setor registrará R$ 110 bilhões em faturamento.

A avaliação é de que o desempenho do e-commerce no ano que vem sera´ impulsionado por quatro fatores: crescimento do nu´mero de consumidores; consolidac¸a~o de e-commerces locais; fortalecimento dos marketplaces e maturidade logi´stica do setor para agilizar a entrega em busca de eficie^ncia operacional.

Neste último trimestre, a Ebit|Nielsen ouviu consumidores e constatou que 95% pretendem continuar comprando online.  O resultado de 2021, no entanto, tende a ser limitado pela retomada mais lenta da economia, expectativa de aumento da taxa ba´sica de juros e inflac¸a~o mais alta. Com isso, deve ficar abaixo do registrado neste ano, que deve fechar com crescimento de 38% sobre 2019. 

"O ano que vem e´ de incertezas sobre confinamento, vacinac¸a~o, expansa~o do vi´rus, fim do auxi´lio emergencial e desempregos em ni´veis elevados. Isso impo~e limites a toda economia e o e-commerce na~o ficara´ de fora", analisa Julia Avila, li´der de Ebit|Nielsen. "Mas ele segue em ni´veis fortes porque e´ a opc¸a~o mais via´vel e conforta´vel para esse ambiente insta´vel e vola´til", completa a executiva.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                     LinkedIn                    ,                    Instagram                    e                    Facebook                    !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade