Robôs negociam com fornecedores. E bem!

Avaliação:

(7 Avaliações)

Sheila Hissa -

Veja como acontece um diálogo entre o "bot" e o fabricante


Foto:123RF


Sabe aqueles fornecedores pequenos, com menor representatividade no negócio, e cujo volume e contrato ficam por vezes esquecidos? Ou as compras de materiais e os contratos de serviço que também rolam sem controle? Pois bem. O Walmart começou um projeto-piloto nos EUA para gerenciar inúmeros contratos que podem estar comercialmente desatualizados. É uma plataforma baseada em inteligência artificial, da startup Pactum , que processa os dados, estabelece os indicadores e disponibiliza um robô para negociação com os fornecedores. Martin Rand, CEO da startup, concedeu entrevista para o site Grocery Dive , onde explica o funcionamento, simulando uma negociação entre um produtor de queijos e um bot hipotético.

Veja a seguir um resumo da negociação.

RESUMO DE UMA NEGOCIAÇÃO ENTRE O BOT E O FORNECEDOR

Foto: The Commons

Martin Rand diz que 70% das indústrias testadas preferem a comunicação com o robô à com o comprador. Ele atribui isso ao fato de a inteligência artificial ter tempo ilimitado para fazer cálculos e projeções, o que permite ao fornecedor fazer o mesmo. “É uma operação realizada aos milhares, com produtividade e precisão”, defende.

40% de perdas em contratos ao vento

Um estudo da KPMG da Austrália mostrou que os contratos com fornecedores que ficam sem monitoramento geram perdas de 17% a 40% do seu valor. Conforme o relatório da consultoria, os fornecedores podem, por exemplo, aumentar suas taxas e até alterar condições, fora dos termos de contrato, sem que isso seja acompanhado pela rede. Embora não seja nova – a análise foi publicada em 2017 –, o problema persiste. Carly Richards, diretora da KPMG, afirmou que a solução passa por um banco de dados de contratos que organize os acordos e estabeleça um scorecard, além de uma auditoria financeira-operacional contínua e de tecnologias baseadas em nuvem para ajudar no processo.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                  LinkedIn                 ,                 Instagram                 e                 Facebook                 !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade