15 características mais procuradas para profissionais de compras

Avaliação:

(6 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Colocar o consumidor no centro dos negócios é fundamental para obter maior rentabilidade das categorias. Isso impacta a performance individual de cada comprador e das empresas


Foto: iStock

 


Foco em descontos e o menor preço a todo custo, sem considerar o que o consumidor deseja encontrar nas lojas. Se é isso que norteia seu trabalho no dia a dia, saiba que existe uma forma melhor de fazer as coisas, que vai tornar você um profissional diferenciado na empresa e no mercado. Um bom começo nesse sentido é entender melhor as categorias, sabendo o papel de cada segmento e conhecendo o posicionamento das marcas. Também é preciso estar aberto às ajudas que os vendedores da indústria podem dar. 

Tudo isso vai ajudá-lo a garantir margens melhores para o negócio e a bater as suas metas de maneira mais saudável. O importante é você dar o primeiro passo. No final, você, sua empresa e seus consumidores serão os mais beneficiados. Para que isso deixe de ser retórica, e a intenção se torne realidade, a SA Varejo está lançando o Revolução Comercial ( clique aqui e saiba tudo sobre esse programa de imersão ).

Trata-se de um curso online com um formato completamente novo em que altos executivos do varejo e da indústria trocam experiências sobre os desafios da área comercial, colocando a realidade de cada lado para um debate que busca, acima de tudo, uma relação mais colaborativa. Em vez de teorias, é a vida como ela é. 

Afinal, os gestores comerciais de alta performance precisam hoje desenvolver de habilidades e competências mais complexas. Algumas já são conhecidas, mas não são praticadas. Já outras precisam ser alavancadas. Em outras palavras: sempre há o que aprender e reaprender nesse mundo de negócios volátil e incerto.

Veja alguns atributos do bom gestor de compras:

1. Usa os dados disponíveis na empresa e no mercado para análises apuradas da categoria e do potencial de crescimento e de rentabilidade

2. Trabalha em conjunto com outras áreas da empresa, como gestores de CRM ou inteligência de mercado, para definir o sortimento e o portfólio de fornecedores 

3. Tem clareza do posicionamento da rede/loja e dos papéis das categorias para o negócio

4. Conhece o posicionamento dos produtos da indústria para alinhar à proposta de valor da sua rede

5. Entende que o aumento na receita deve ser perseguido, mas com a preservação ou o incremento da margem

6. Assume a parte que lhe cabe para evitar ruptura, perdas e aumento nos custos da operação

7. Compartilha os dados com a indústria e recebe dela informações para criar planos conjuntos que ampliam o sell out e são rentáveis

8. Cria metas conjuntas com o fornecedor para faturamento e lucratividade por categoria, segmento e SKU, além de promoções e ações de merchandising

9. Cria novos indicadores com a indústria, como conquista de novos clientes e recompra de lançamentos

10. Envolve outros setores da própria empresa na definição das metas, como logística, marketing e trade marketing

11. Acompanha a execução nas lojas dos acordos comerciais 

12. Entende a atuação de compras no cenário de vendas off e online

13. Domina e atualiza seu conhecimento sobre os recursos tecnológicos e digitais para dar velocidade e segurança na tomada de decisões

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                LinkedIn                                               ,                                               Instagram                                               e                                               Facebook                                               !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade