Para população, combate ao desemprego e vacinação devem ser prioridades em 2021

Avaliação:

(0 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

É o que mostra pesquisa realizada pela CNDL/SPC sobre as expectativas dos brasileiros em relação ao governo para este ano

Foto: iStock

Um levantamento feito em todas as capitais pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), em parceria com a OfferWise Pesquisas, mostra que o combate ao desemprego (44%) e a vacina para o coronavírus (42%) foram apontados pelos consumidores brasileiros como prioridades do governo para que o desenvolvimento econômico do país seja retomado neste ano. O ranking de temas que merecem a atenção em 2021 é seguido por saúde pública (38%) e educação (34%).

A maior expectativa de melhorias para o Brasil é em relação ao aumento das oportunidades de emprego (36%) e aumento da concessão de crédito (35%). Por outro lado, é esperado um aumento da inflação (41%) aumento da inadimplência (41%) e aumento da pobreza e da desigualdade social (36%).

A pandemia da Covid-19 trouxe um cenário de insegurança e incertezas para a população. De acordo com o levantamento, 39% dos entrevistados afirmam estar pessimistas ou muito pessimistas quanto à adoção de medidas pelo governo que incentivem o desenvolvimento do país, 28% não estão otimistas nem pessimistas, e 27% estão otimistas ou muito otimistas. 

Coincidência ou não, o novo presidente do Itaú Unibanco, Milton Maluhy Filho, divulgou estudo nessa terça-feira (2), projetando que um atraso de seis meses no plano de vacinação poderá reduzir pela metade o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) do Brasil para 2021. A instituição projeta uma alta de 4% do indicador para este ano. Para o executivo, o plano de vacinação deve ser prioridade e tratado também como uma política econômica.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                        LinkedIn                       ,                       Instagram                       e                       Facebook                       !

Fonte: Folha de São Paulo

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade