Pandemia impulsiona setor de beleza e higiene

Avaliação:

(1 Avaliação)

Reportagem SA Varejo -

Pesquisa IPC Maps estima que segmento deve apresentar expansão de mais de 40% este ano

Foto: istock

A categoria beleza e higiene pessoal foi influenciada positivamente pela pandemia do Covid-19. Segundo a Pesquisa IPC Maps, até o final do ano o setor deve  movimentar cerca de R$ 154,7 bilhões, o que significa um aumento de 41,2% ante 2020, e de 60,5% na comparação com 2019.

Nos cálculos acima, são consideradas despesas com artigos de higiene e cuidados pessoais, como perfume, creme, bronzeador, maquiagem, sabonete, papel higiênico, absorvente e desodorante, além de outros produtos para cabelo, pele, boca, unha etc. 

Segundo Marcos Pazzini, responsável pelo IPC Maps, esse desempenho satisfatório no segmento de beleza evidencia uma “perspectiva de mercado pós-pandemia bem otimista, pois até mesmo em cenários recessivos, a população, ainda que usando máscara, não poupa recursos destinados ao seu bem-estar e à sua autoestima, inclusive a de classes sociais mais baixas”. 

Na contramão desse consumo, está a quantidade de comércio varejista desse setor, que engloba cosméticos, artigos médicos e óticas. De 2019 para cá, foram fechadas 17% das lojas, totalizando atualmente 321.067 unidades instaladas no Brasil.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                            LinkedIn                                                                           ,                                                                           Instagram                                                                           e                                                                           Facebook

Veja mais sobre: IPC Maps, Beleza, Higiene pessoal

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade