Marca Borges cresceu 45% enquanto vendas de azeites avançaram 14%

Avaliação:

(0 Avaliações)

Conteúdo Patrocinado por Cargill -

Além do alto giro, linha da Cargill apresenta portfólio completo para atrair todos os públicos e aumentar a rentabilidade no PDV

As vendas de azeites cresceram 14% em 2021, um resultado bastante expressivo na comparação com o primeiro ano de pandemia, quando explodiu a comercialização de alimentos para consumo no lar. No mesmo período, a marca Borges avançou mais do que o triplo disso: 45%. Os dados são da Kantar em valor.

Com 125 anos de história, Borges é líder entre os azeites espanhóis no Brasil e conta com toda a expertise comercial e a estrutura de distribuição da Cargill. Seu portfólio apresenta uma diversidade de tipos e de tamanho de embalagem que é fundamental para alavancar os resultados da categoria no varejo, atraindo todos os públicos, considerando suas preferências e possibilidades de desembolso.

Saiba mais sobre cada um dos principais azeites da marca Borges

Trabalhar com o mix completo ajuda todos os formatos de loja do varejo alimentar a elevar tíquete médio e margem!

Tipo Único

É o azeite virgem da Borges. Nos supermercados, desempenha importante papel ao incentivar que novos consumidores cheguem à categoria, pois permite menor desembolso. Recomenda-se exposição na parte mais baixa da gôndola de azeites.

Extra Virgem Clássico

Com aroma fresco e amargor na medida certa, é o produto perfeito para finalizar qualquer prato, elevando a qualidade da preparação. Além da embalagem de 500ml, é vendido também no tamanho 250ml, ideal para singles e para todos os públicos que precisam desembolsar menos no momento da compra – as vendas dessa embalagem menor cresceram nada menos do que 213%.

Os azeites extra virgem devem ser expostos acima dos virgens, ocupando o maior espaço da gôndola, uma vez que são muito procurados pelos shoppers.

Especialidades

De alta qualidade e sabor, garantem ótima rentabilidade e são indicados para refeições e momentos especiais. Disponíveis em 3 versões, produzidas com um tipo de azeitona cada, com sabores e aromas característicos, perceptíveis ao paladar:

  • Marcante (100% Azeitona – Picual): de sabor marcante e personalidade forte, ideal para peixes encorpados, como bacalhau e outros pratos de sabor acentuado, entre os quais churrasco, pizza, paella, risotos e queijos;
  • Frutado (100% Azeitona – Arbequina): com intensidade moderada e sabor frutado, dá um toque de frescor a saladas, legumes e outros pratos com alimentos crus;
  • Equilibrado (100 % Azeitona - Hojiblanca): apresenta equilíbrio entre o picante e o amargo, combinando bem com massas, frangos e peixes suaves grelhados, legumes cozidos e molho de tomate.

Orgânico

Produzido sob padrões internacionais da agricultura orgânica, esse azeite promove o equilíbrio ecológico, sem uso de aditivos. Também gera rentabilidade no PDV e, assim como a linha Especialidades, deve ser alocado na parte alta da gôndola, facilitando o contato visual por todos que percorrem o corredor de óleos. E como ponto extra pode ficar no setor de FLV ou na seção de saudáveis.

LEIA TAMBÉM:

O segmento de óleos nobres está em ascensão. Seu mix está atualizado?

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade