Itens típicos de Natal foram vendidos por preços até 51% superiores

Avaliação:

(0 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Horus analisou 14 categorias e verificou apenas uma queda nos valores médios praticados no varejo de SP e RJ

Foto: iStock

A empresa de inteligência de mercado Horus analisou o preço médio dos itens típicos no último Natal e percebeu fortes variações em relação à data sazonal de 2019. As informações foram coletadas a partir dos dados de notas fiscais, por meio do aplicativo colaborativo PINNGO de comparação de preços.

O aumento mais expressivo foi identificado na categoria de ameixa seca, vendida por valor 51,2% superior no varejo de São Paulo e 48,7% no Rio de Janeiro.

Já o panetone, um dos símbolos das festas de fim de ano, estavam 19,2% mais caros nas lojas do Rio de Janeiro e 6,9% no varejo de São Paulo. Os preços das aves natalinas também subiram bastante – 25,5% no Rio e 15% em SP –, assim como o lombo suíno, vendido por preço médio 27,8% superior no RJ e 17,3% em SP, sempre na comparação com Natal anterior.

Entre as bebidas, os reajustes de maior impacto foram observados nos vinhos, com alta de 24,7% nos preços praticados em São Paulo e de 20,3% no Rio de Janeiro.

Ao todo, a Horus analisou 14 categorias nos dois maiores mercados consumidores do país. A única redução de preço observada no último Natal foi no valor médio da uva no Rio de Janeiro, que caiu -7,8% em relação ao Natal de 2019. Já em São Paulo, essa mesma categoria estava 11,2% mais cara. 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                      LinkedIn                     ,                     Instagram                     e                     Facebook                     !

  

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade