Hortifrútis com 10% a mais de margem

Avaliação:

(1 Avaliação)

Reportagem SA Varejo -

Startup cearense está mudando a relação entre supermercados e pequenos produtores locais de FLV

Fotos: Divulgação

A startup Muda Meu Mundo, apoiada pelo hub Cubo Itaú, está mudando a relação entre supermercados e pequenos produtores locais de hortifrútis. Sejam de produtos orgânicos, cultivados pelo sistema convencional ou por meio de formas agroecológicas (com práticas sustentáveis).

Com sua plataforma, a empresa viabiliza transações comerciais quase totalmente digitalizadas, o que reduz custos para o varejo e o sitiante e garante produtos com maior frescor. “A margem média para o varejo chega a ser 10% superior à média do mercado”, garante Priscilla Veras, CEO e fundadora da empresa, com sede no Ceará. Segundo ela, para o agricultor familiar, a plataforma permite comercializar com regularidade e volume, o que representa lucro e reinvestimento no cultivo.

Veja como funciona a Muda Meu Mundo:

  • Os fornecedores ficam a um raio de até 150 km de distância
  • O ciclo entre colheita e entrega nas lojas é de, no máximo, 12 horas
  • 1 ano de existência tem a plataforma
  • Ela conta com 120 produtos selecionados
  • Os agricultores se cadastram na solução, que, por sua vez, é quem entra como fornecedor no cadastro do varejista
  • Os fornecedores são incorporados ao Muda Meu Mundo depois de serem avaliados e de passarem por capacitação em práticas sustentáveis, como o uso racional de água, reflorestamento de 20% da propriedade, além de responsabilidade social (não adotar mão de obra infantil e manter os filhos na escola), etc.
  • Feito isso, é emitido um certificado, e o agricultor passa por reavaliações anuais
  • Os fornecedores são responsáveis por colocar seus produtos em embalagens de papel, já que as plásticas são desencorajadas
  • Cabe a eles também anexar aos alimentos a etiqueta com o código de barras e o QR Code de identificação do produto, gerado pela plataforma. Por meio dele, o consumidor conhece o agricultor (nome, foto, localização) e pode assistir a um vídeo com depoimento sobre o que significa participar do projeto
  • A plataforma concentra os pedidos, emite as notas fiscais, recebe o pagamento e antecipa os recebíveis para o agricultor a fim de garantir fluxo de caixa e produção contínua, uma vez que o varejo efetua o pagamento em torno de 45 dias. A plataforma fica com um percentual sobre a transação, paga pelo varejista
  • A cada pedido, o sistema, que usa inteligência artificial, seleciona o produtor mais próximo, cujos hortifrútis atendem especificações da rede, e encaminha ao cliente a demanda
  • A única intervenção humana ocorre quando a equipe de entrega da Muda Meu Mundo recolhe os produtos e os transporta direto para as lojas

SUPERMERCADOS QUE USAM A SOLUÇÃO

A plataforma já é utilizada por diversas redes de Fortaleza (CE) para se conectar aos produtores. Entre elas estão Pão de Açúcar, Pinheiro e Mercadinhos São Luiz. Já em São Paulo, destaca-se o St. Marche.

NO MERCADINHOS SÃO LUIZ...

  • R$ 410 mil anualmente são movimentados pela rede com a Muda Meu Mundo, distribuidos diretamente aos produtores

NO ST. MARCHE

  • 5 lojas utilizam o sistema
  • 30 pequenos produtores de hortifrútis orgânicos estão conectados a essas unidades da rede

100 supermercados a mais Previsão de varejistas utilizando a plataforma até o final do ano na capital paulista e em outras cidades do interior

600 agricultores Expectativa de certificação da Muda Meu Mundo para o ano de 2021

MODELO TECNOLÓGICO

Priscilla Veras criou a empresa em 2017, a partir do desejo de empreender e de uma preocupação com a subsistência da agricultura familiar e o emprego de tecnologias sustentáveis na produção. Começou com 10 pequenos agricultores, cuja produção era vendida em cestas e feirinhas, porém o modelo não funcionou. Não tinha escala. Era difícil gerar vendas recorrentes para o agricultor e desenvolver o próprio negócio.

A empreendedora concluiu que as vendas tinham de chegar ao varejo alimentar, canal mais utilizado para o abastecimento dos lares, para garantir volume e frequência de pedidos. Também constatou que, para entrar no canal, precisava oferecer preço competitivo e produto de qualidade, além de facilitar a operação e reduzir seu custo. O emprego de tecnologia em todo o processo foi a solução. De lá para cá, a startup se integrou ao Cubo Itaú, que transfere conhecimento e relacionamento com o mercado, atraiu e continua a atrair investidores anjo e de venture capital. A Muda Meu Mundo segue o modelo já comum no varejo alimentar da Europa e dos Estados Unidos, que implica valorização da produção vizinha para movimentar a economia local, gerar empregos, mais vendas, crescimento, reinvestimento e lucro. E bons argumentos de marketing.

430% Crescimento da Muda Meu Mundo em 2020

400% Perspectiva de avanço da startup neste ano

60% Participação dos supermercados no abastecimento dos lares brasileiros

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                        LinkedIn                                                                       ,                                                                       Instagram                                                                       e                                                                       Facebook    

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade