Grupo Vanguarda, do Piauí, se reestrutura e aposta em inovações

Avaliação:

(17 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Com atuação em super, atacarejo e e-commerce, trata-se de uma das maiores operações do varejo alimentar no Estado


Van Fernandes, diretora executiva do Grupo Vanguarda


Criado em 2019, o piauiense Grupo Vanguarda pretende consolidar sua atuação neste ano. Com as bandeiras Carvalho Super e Mercadão e o e-commerce Supershop, a empresa entra em 2021 com o objetivo de dar continuidade ao plano de reestruturação, ao foco em inovação e à busca por uma profissionalização ainda maior. Além disso, pretende reformar unidades para melhorar a experiência de compra dos clientes. “Não planejo abrir lojas agora. Por enquanto a ideia é cuidar do que a gente tem”, afirma Van Fernandes, diretora executiva da companhia. Entenda o que tem sido feito na empresa:

Nova estrutura: o Grupo conta com diretoria comercial e de marketing, de operações, administrativa financeira e TI – todos sob o comando de Van. 
Tecnologia: os self checkouts já estão presentes em lojas para oferecer maior comodidade aos consumidores. “Adquirimos esses equipamentos quando ainda nem se falava em Covid-19. A nossa rapidez foi planejamento e entendimento de que as transformações atuais são voltadas para o digital. Com um celular na mão você faz tudo, mas tudo leva um tempo para ser fabricado e adaptado pelo sistema”, avalia a diretora executiva. Outra inovação nessa área é o aplicativo de venda online do Grupo, atualizado constantemente com promoções e novidades dos fornecedores. 

Exemplo: Van atribui a rapidez com que a companhia vem inovando e se consolidando no mercado ao propósito. “Ele precisa ser condizente com as ações. Quando você fala, faz e dá exemplo, consegue que outras pessoas também acreditem. E os nossos colaboradores acreditam no nosso propósito, apesar de termos escolhido o caminho mais difícil: de organização, de desenvolvimento de pessoas, de profissionalização e de inovação. Sem dúvida, o mais complicado, mas também o mais sustentável, porque estamos trabalhando no desenvolvimento de uma marca de qualidade” assegura. 

Organização: de acordo com a empresária, organização não é só ter a mercadoria arrumada na prateleira, o layout bonito e a loja limpa. “Ela passa pelo fiscal, contábil, processos, manuseio de mercadorias, exposição, compras de produtos e desenvolvimento de pessoas. Manter isso não é fácil, às vezes alguém foge do caminho. Penso que não só eu, mas também os colaboradores conseguem passar para os clientes e para sociedade essa nova forma de estar no mercado, não só para ganhar dinheiro, mas em primeiro lugar para servir. O ganhar vem como consequência do que fazemos melhor, que no nosso caso é servir bem, com qualidade e ter uma marca renomada”.  

Pessoas: Van conta que a pandemia trouxe uma preocupação adicional com o time. “Tivemos que ter cuidado e muito rigor com os protocolos de saúde dos colaboradores que estavam de frente com risco”, pontua.

Futuro: a diretora executiva do Grupo Vanguarda pretende que um dos diretores assuma seu lugar. “A ideia é contratar este ano o trabalho de uma Governança Coorporativa que me assessore nesta decisão. Pretendo daqui a algum tempo, à medida que formos adquirindo mais segurança com esse trabalho da Governança e desenvolvendo as pessoas, que eu consiga sair devagarinho, porque quero uma empresa realmente profissionalizada”, afirma.

 Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                LinkedIn                                 ,                                Instagram                                e                                Facebook      
  

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade