Grupo Mateus quer levantar R$ 4 bilhões em oferta inicial na Bolsa de Valores, diz jornal

Avaliação:

(19 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Atualmente, o IPO da rede varejista é a maior oferta de ações programada pelo setor privado brasileiro

O Grupo Mateus já definiu quais bancos irão coordenar sua oferta pública inicial de ações (IPO). A varejista maranhense deverá ser a terceira empresa do varejo alimentar no Brasil a abrir capital na Bolsa de Valores. Carrefour e GPA são as únicas até aqui.

Sob liderança da XP Investimentos , participarão da operação  Itaú BBA , BTG Pactual e Bradesco BBI . A informação é do jornal Valor Econômico , que ouviu três fontes interadas sobre o assunto. De acordo com a publicação, a intenção da rede supermercadista é levantar ao menos R$ 4 bilhões – três quartos desse valor na oferta inicial e o restante em tranche secundária. Dessa forma, a companhia estaria avaliada em mais de R$ 25 bilhões

A abertura de capital foi definida pelo Grupo Mateus no fim de 2019. Com o avanço no processo, a companhia pretende estar pronta na próxima reabertura de mercado para esse tipo de oferta, o que deve ocorrer apenas no último trimestre deste ano, ainda dependendo da duração da crise do Covid-19.

Atualmente, o IPO do Grupo Mateus é a maior oferta de ações programada pelo setor privado brasileiro.  

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:             LinkedIn            ,            Instagram            e            Facebook            !

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade