Entenda por que seu supermercado precisa incentivar a venda de vinhos brasileiros

Avaliação:

(3 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Hoje os rótulos finos nacionais representam apenas 6% do mercado. No entanto, as vendas quase dobraram entre janeiro e agosto deste ano, em relação a igual período de 2019

As vendas de vinho acumulam forte crescimento neste ano: entre janeiro e agosto o volume comercializado da bebida foi 37% superior ao registrado no mesmo período de 2019, conforme dados da   Ideal Consulting . O setor de supermercados foi o principal beneficiado, uma vez que o consumo em tempo de pandemia está bem mais concentrado em casa.

"Esse volume de crescimento não vai se manter, mas deve cair para um patamar acima do que estava em 2019", declarou Felipe Galtaroça, CEO da Ideal Consulting, em entrevista ao Portal G1 . Não há portanto, desculpa para descuidar da adega da sua loja, sobretudo a partir de agora. Ao observar o resultado específico do mês de agosto, há uma queda de 21% no consumo da bebida em relação a julho. 

Com o dólar em patamares bem elevados há vários meses, uma das ações importantes para não perder clientes na categoria é valorizar os vinhos nacionais. Os rótulos finos produzidos aqui detêm uma fatia de apenas 6% do mercado, no entanto registraram avanço de 93% em vendas nos 8 primeiros meses deste ano, em comparação com igual intervalo de 2019. No mesmo período, a participação dos importados nas vendas caiu de 32% para 27% – os 67% restantes ainda são dominados pelos vinhos de mesa, mais simples e baratos.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:      LinkedIn     ,     Instagram     e     Facebook     !

    

Fonte: Portal G1

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade