Entenda por que a categoria de alimentos plant-based está entrando em uma nova geração

Avaliação:

(4 Avaliações)

Conteúdo Patrocinado por PlantPlus Foods -

Com entrada de novo player, esse segmento que garante bom tíquete médio terá bem mais escala de produção e distribuição no varejo brasileiro

Fotos: Divulgação

Os alimentos plant-based chegaram como uma novidade que surpreendeu o público e gerou muita experimentação. Com o passar do tempo, deixaram de representar simplesmente um segmento promissor para alcançar a consolidação no carrinho de compras – e no paladar –  de milhões de consumidores em todo o mundo. No Brasil, não foi diferente.

Por aqui, as vendas totais saltaram de R$ 247 milhões em 2015 para R$ 419 milhões no ano passado, de acordo com dados do Euromonitor, que projeta mais de R$ 665 milhões em faturamento até 2025. Hambúrgueres e outros alimentos à base de plantas, mas com sabor e textura idênticos à carne, caíram no gosto, sobretudo, dos flexitarianos, um público que não para de crescer e é formado por pessoas que consomem todos os tipos de proteína, no entanto têm reduzido a ingestão de carne de origem animal.

A partir de agora, esse mercado entra em uma nova geração, com o impulso de um player que chega para liderar o segmento: PlantPlus FoodsTM. À frente da nova empresa estão a Marfrig, companhia que mais produz hambúrguer no mundo, e a ADM, líder global no mercado de proteínas alternativas. O resultado serão novos patamares na escala de produção e na força de distribuição dos produtos plant-based. Tudo com muito sabor e a garantia de nutrição saudável.

Essa grande movimentação traz benefícios ao varejo, uma vez que aumenta a disponibilidade e a visibilidade de produtos com alto valor agregado, responsáveis por elevar o tíquete médio da seção de congelados.

Quatro produtos 100% plant-based com a marca PlantPlus FoodsTM já estão com venda aberta ao varejo: Almôndegas, Carne Moída, Hambúrguer e Kibe. Todos eles levam ingredientes de origem natural nas receitas, a exemplo de cebola, alho e beterraba.

Um cuidado importante na execução em loja é realizar dupla exposição no setor de congelados, iniciativa capaz de ajudar a incrementar as vendas. A recomendação é alocar os produtos perto de proteína animal – incentivando o shopper a ampliar sua cesta de compras – e também junto das demais proteínas vegetais, para que os clientes já acostumados com plant-based não deixem de ter contato visual com as atrativas embalagens da marca.   

Clique aqui para saber mais e falar com a PlantPlus FoodsTM

 

   

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade