E-commerce do Magalu dobra de tamanho pelo quarto trimestre consecutivo

Avaliação:

(1 Avaliação)

Reportagem SA Varejo -

Produtos de supermercado são prioridade nas vendas online da companhia

Foto: Divulgação

O Magazine Luiza cresceu 63% no primeiro trimestre deste ano. O avanço veio em conjunto com um lucro líquido ajustado de R$ 81,5 milhões nos três primeiros meses de 2021.

O grande destaque foi a operação de e-commerce, cujas vendas avançaram 114%, atingindo R$ 8,8 bilhões e dobrando de tamanho pelo quarto trimestre consecutivo. 

Apesar do período mais longo de fechamento provocado pela pandemia, as vendas das lojas físicas cresceram 4% nos três primeiros meses do ano. Nesse período, o Magalu abriu 11 novos pontos.

Ainda no primeiro trimestre, a empresa fez uma série de aquisições dentro dessa estratégia. Para fortalecer a categoria de produtos de mercado, uma prioridade da companhia, o Magalu trouxe a VipCommerce, startup especialista em integrar supermercados. No food delivery,  outra vertente de crescimento, a ToNoLucro reforçou a operação da AiQFome, que está em mais de 550 cidades, sobretudo pequenas e médias. A operação  atingiu 2,6 milhões de pedidos em abril, preparados por mais de 25 000 restaurantes parceiros. Em abril,  foram concluídas as aquisições da Tonolucro e da GrandChef, que fortalecem esse vetor de crescimento. As vendas anualizadas da AiQFome chegaram, assim, a R$ 1,2 bilhão de reais.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                      LinkedIn                     ,                     Instagram                     e                     Facebook                     !

 

Veja mais sobre: Magazine Luiza, Magalu, Ecommerce

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade