10 dicas para melhorar exposição de sacos para lixo e vender mais

Avaliação:

(6 Avaliações)

Conteúdo Patrocinado por Embalixo -

Com forte procura e inovações em produtos, categoria vive bom momento. No entanto, alguns supermercados ainda desperdiçam vendas por erros na exposição. A Embalixo mostra como corrigir

Foto: Divulgação

As vendas de sacos para lixo crescem ano a ano. Com a pandemia, a procura se tornou ainda maior. É uma tendência que persistirá, influenciada pelo maior tempo que as famílias passam em casa e também pelas inovações da categoria, capitaneadas pela Embalixo , cujo portfólio conta, desde versões tradicionais, até sacos para lixo com uma série de novos atributos, dentre os quais efeito repelente, bloqueador de odores, matéria-prima vegana,  produção isenta de carbono. Até uma versão antivírus, aprovada pela Unicamp, a empresa já disponibiliza ao mercado.

O avanço de uma categoria que gera boas margens é uma ótima notícia para o varejo alimentar. No entanto, alguns supermercados ainda não aproveitam todo seu potencial. O erro mais comum tem a ver com a exposição, muitas vezes em local errado ou subdimensionada. Confira 10 dicas da Embalixo para sua loja organizar corretamente os sacos para lixo e, com isso, aumentar as vendas:

1. Um ponto fundamental é levar a categoria ao setor de limpeza. Análises mostram que as vendas crescem quando os sacos de lixo são expostos nesse local em vez da seção de bazar

2. O espaço reservado à categoria também influencia nos resultados. Se a sua loja é pequena, reserve um módulo completo. Já se o seu supermercado tem área de vendas média ou grande, dois ou mais módulos são bem-vindos

3. Ao alocar os produtos, reserve a parte mais alta da gôndola para os sacos para pia e banheiro

4. Logo abaixo, bem à altura dos olhos dos clientes, exponha as inovações da categoria, afinal elas garantem ótima rentabilidade e atraem novos consumidores. A Embalixo é pioneira na produção de sacos para lixo em versão repelente, bloqueadora de odores, feita de plantas (100% sustentável), carbono zero e até mesmo antivírus. 

5. Na sequência vêm os sacos com alças – que evitam contato do consumidor com o lixo na hora de retirá-lo – e também as embalagens econômicas

6. As versões tradicionais devem ficar nas prateleiras mais baixas da gôndola. Dessa forma, o shopper sempre terá contato com os produtos de maior valor agregado, o que estimula elevação de tíquete e consequente aumento do cash margem

7. Caso seu supermercado trabalhe com mais de uma marca, lembre-se de que a Embalixo é referência por desenvolver a categoria com inovações e por investir na comunicação com o público. O portfólio da marca, portanto, deve ter destaque na exposição

8. Sua loja trabalha com sacos para lixo de marca própria? Então eles podem ficar em apenas um módulo na parte mais baixa da gôndola

9. Lembre-se de manter no sortimento todas as opções de tamanho disponíveis em cada tipo de produto

10. Por fim, tendo espaço para exposição adicional em ilha ou display, privilegie sacos para lixo com diferenciais pois eles trazem mais atenção do shopper.

 

    

Veja mais sobre: Embalixo, Sacos para Lixo

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade