Couche-Tard desiste de fusão com o Carrefour

Avaliação:

(3 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Posição contrária do governo francês freou as negociações. Ações da rede francesa operam em queda como reflexo do anúncio

Foto: iStock

A canadense Couche-Tard desistiu de negociar a aquisição ou fusão com o Carrefour. A decisão foi tomada após declarações do ministro das Finanças francês em oposição a um eventual acordo .

Alain Bouchard, presidente e um dos fundadores da Couche-Tard, chegou a se reunir com o ministro Bruno Le Maire para tentar convencê-lo a dar aval ao negócio. Há informações de que o executivo garantiu 3 bilhões de euros em investimentos ao longo de 5 anos e o compromisso de não cortar funcionários por 24 meses. Não foi o suficiente para convencer o governo da França, que não mudou de ideia nem mesmo com uma ligação do governo do Canadá lembrando que o país da América do Norte não acionou seus órgãos de proteção de mercado quando a francesa Alstom, do setor ferroviário, comprou a canadense Bombardier.  

Maior rede global de lojas de conveniência, a Couche-Tard havia colocado na mesa uma proposta para comprar o Carrefour por cerca de 16,2 bilhões de euros na cotação atual. Por meio de comunicado conjunto, as companhias expressaram que "à luz dos eventos recentes, as negociações não prosseguirão".

O mercado recebeu mal a notícia. Na manhã de hoje (18/1), as ações do Carrefour acumulavam queda em torno de 6% na Bolsa de Valores de Paris. Na avaliação de analistas do banco Citi, há possibilidades de canadenses e franceses retomarem as conversas em médio prazo.    

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                        LinkedIn                       ,                       Instagram                       e                       Facebook                       !

 

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade