Combinação de vendas físicas e online garantiu sucesso em 2020

Avaliação:

(2 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Varejistas com atuação exclusiva na internet cresceram menos do que quem opera em ambos os canais

Foto: Divulgação

Sem barreiras entre físico e digital. É dessa forma que as pessoas devem encarar suas compras ao longo de 2021. A análise é da  GfK , empresa global de tecnologia e inteligência de mercado, com serviços de consultoria para a indústria de produtos de consumo.   

Felipe Mendes, General Manager da GfK para América Latina, explica que chamado "Figital" apresentou melhor performance no ano passado, na comparação com operações apenas online ou somente físicas. "Embora os pedidos do e-commerce tenham crescido em 2020, notamos que os varejistas com atuação exclusivamente online cresceram 17% nos três primeiros trimestres do ano, enquanto os lojistas com atendimento apenas físico tiveram queda de 27%. E aqueles com atuação tanto online quanto física, os chamados Click&Brick, cresceram 77% no mesmo período", observa o executivo, analisando todo o setor varejista.

Na avaliação da companhia, a pandemia nos colocou pra dentro de casa e nos fez olhar diferente para o que antes era encarado como um abrigo ou lugar de descanso. Resultado: passamos a enxergar nossas casas como o local permanente para nosso trabalho, educação, entretenimento e informação. Esse fator alavancou as vendas de tudo o que tem a ver com reforma e aperfeiçoamento do lar, como a compra de móveis, materiais de construção, eletrodomésticos e eletrônicos, videogames, computadores, câmeras, fones de ouvido, entre outros.

Agora, em 2021, a digitalização dos lares segue acelerada. "Alguns nichos do mercado ainda poderão gerar oportunidades de negócios. É o caso da digitalização da segurança e da iluminação, a realização de limpeza com robôs, e a programação à distância do ar-condicionado, por exemplo, ou a venda de serviços de helpdesk remoto e pacotes de serviços digitais, como Inteligência Artificial. Ou do lazer e entretenimento que seguirão como pilares fundamentais para mantermos a socialização e podem estimular a venda de gadgets de realidade virtual ou aumentada, para citar alguns exemplos de setores em alta neste ano", completa Felipe Mendes.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                             LinkedIn                            ,                            Instagram                            e                            Facebook                            !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade