Com ação de hiperpersonalização envolvendo marca de bebidas, varejista aumenta tíquete médio e número de shoppers

Avaliação:

(2 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Iniciativa foi marcada pela integração dos meios digitais com a loja física

Foto: Divulgação

A adtech relevanC , que possui uma unidade de negócios com foco em retail media em parceria com o GPA, desenvolveu uma campanha de publicidade digital para a marca de bebidas e vinhos Pernod Ricard, que levou ao crescimento de 14,5% nas vendas dos produtos da marca no primeiro trimestre de 2022.

Apostando na hiperpersonalização de dados, com uma base de 21 milhões de clientes  cadastrados nos programas de fidelidade do GPA (Pão de Açúcar Mais e Clube Extra) e uma mensuração hightech de comportamento de shoppers que só o grupo possui, foi possível observar um ganho significativo em vendas on e offline, contemplando assim ganhos no ambiente omnichannel de forma ampla e assertiva, alcançando todos os públicos. 

papel do retail media nesse projeto consistiu na criação de uma base segmentada de shoppers do GPA, clientes da Pernod e de concorrentes - todos maiores de 18 anos. Com base nesses dados foi criada uma campanha de publicidade em media display fora dos e-commerce do GPA, nas redes programáticas parceiras da relevanC. Ao clicar, os usuários eram direcionados para  a loja Pernod dentro do e-commerce do Pão de Açúcar e, assim, contribuindo para conversões.  

Entre os resultados da campanha estão o aumento de 15,6 % no número de compradores, avanço de 18,5 % na receita dos produtos da campanha e expansão de 5% no ticket médio.

Para Renan Russo, e-commerce manager da Pernod Ricard, é necessário um trabalho contínuo de mudança de cultura, especialmente no trade marketing, que até então usava ferramentas mais analógicas. “Nosso próximo passo é deixar esse processo mais robusto e ter ativações mais frequentes, obtendo dados de forma mais rápida e, consequentemente, poder responder às oportunidades mais rapidamente. É assim que iremos evoluir no nosso formato de trabalho. O trade marketing nunca vai deixar de existir, mas a ele precisamos agregar novas características e maneiras de trabalhar, só que com o olhar mais voltado para o digital, como o retail media nos possibilita”,  avalia.

De acordo com Romain Deconninck, Head of growth do GPA, o trade marketing está trazendo a força do relacionamento comercial, do conhecimento dos produtos e o que é necessário para o retail media decolar comercialmente. “Com relação aos produtos patrocinados nas nossas páginas, notamos como a relevanC sabe exatamente como mensurar o uplift de campanhas num ambiente omnichannel, trazendo boas práticas para o nosso marketing, e como estimar melhor as campanhas das nossas marcas. O retail media sela uma visão estratégica muito forte de um novo GPA, agora muito mais focado no que se refere a conhecer nossos clientes. Assim, podemos realizar ações de sales muito mais precisas e inteligentes contando com uma base muito rica de dados. Inserir o retail media como vertente de monetização na nossa base first-party significa promover a transformação dentro da companhia. Por isso estou bem otimista para este futuro”, finaliza.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                 LinkedIn                                                                 ,                                                                 Instagram                                                                 e                                                                  Facebook

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade