Carrefour fecha parceria com Central do Cerrado para fornecimento de produtos regionais

Avaliação:

(0 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Iniciativa acelera a agricultura familiar e fortalece o compromisso do Grupo de tornar a alimentação saudável acessível a todos

Foto: Divulgação

O Grupo Carrefour e a Central do Cerrado, cooperativa que reúne diversas organizações comunitárias, fecharam parceria para o fornecimento de produtos regionais, especialmente da biodiversidade nativa, em suas lojas no Distrito Federal.

 “A parceria da companhia com a Central do Cerrado é motivo de orgulho para a companhia. Por meio dela, contribuímos para a aceleração de negócios comunitários enquanto fortalecemos o Act for Food, compromisso global da companhia que tem o objetivo de tornar a alimentação saudável acessível a todos", explica Lucio Vicente, diretor de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade do Grupo Carrefour Brasil. "Entre as diversas ações realizadas, trabalhamos para a ampliação da oferta de produtos frescos e saudáveis em nossas lojas, respeitando e valorizando as regionalidades.  Nisso se insere o trabalho conjunto com a Central do Cerrado", completa.

Os itens coletados e produzidos no Cerrado já estão sendo oferecidos nos Espaços Saudáveis do Carrefour. Estes itens começaram a chegar às lojas em julho e estarão disponíveis em todos os três hipermercados e seis unidades bairro da rede na capital federal até o final de setembro.

Dentre os cerca de 30 produtos que serão disponibilizados nas lojas do Carrefour estão a castanha de baru, polpas de fruta congelada, pestos feitos com baru, açafrão (cúrcuma), urucum, farinha de mandioca, óleo orgânico de coco de babaçu, geleias e doces orgânicos de umbu, flocos de milho não transgênico, açúcar mascavo, entre outros. Todos os itens terão o selo da agricultura familiar e são cultivados com base na produção agroecológica e economia solidária.

"A parceria com o Grupo Carrefour Brasil será importante para os produtores comunitários ligados às várias associações e cooperativas de agricultura familiar que fazem parte da Central do Cerrado. Por meio dela, conseguimos atuar com mais força no mercado do varejo, fortalecendo a nossa atuação e trazendo bons resultados futuros para as comunidades produtivas, consumidores e o planeta como um todo", explica Luis Roberto Carrazza, Secretário Executivo da Central do Cerrado.

Atualmente, a Central do Cerrado atende 5 mil famílias, sendo que só no Mosaico Sertão Veredas Peruaçu o projeto beneficia cerca de 500 delas, onde mais de 100 produtores são capacitados com o objetivo de aprimorar os processos extrativistas e a gestão dos negócios. O projeto envolve também a elaboração de um modelo de fornecimento e de comercialização, com o objetivo de incorporar frutos nativos no portfólio das lojas.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                       LinkedIn                                                      ,                                                      Instagram                                                      e                                                      Facebook                                                      !

Fonte: Amis

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade