Campo Grande aprova lei que determina empacotador em caixas prioritários

Avaliação:

(0 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Estabelecimentos terão 180 dias para se adaptar

Foto: istock

Supermercados, hipermercados e estabelecimentos similares de Campo Grande serão obrigados a manter empacotadores nos caixas de atendimento prioritário. A nova Lei foi sancionada pelo prefeito Marquinhos Trad (PSD) e publicada no Diário Oficial de Campo Grande no dia 7 de janeiro.

Os estabelecimentos terão 180 dias para se adaptar. O prefeito vetou o artigo 2º, que liberava mercados com até quatro caixas da obrigação. “Decidimos vetar o Art. 2º do Projeto de Lei n. 10.315/21, fazendo valer o princípio da inclusão social, garantindo a todas as pessoas que se utilizam dos caixas destinados ao atendimento prioritário nos estabelecimentos comerciais para a realização de compras ou qualquer outro produto, o serviço de empacotamento de suas mercadorias”, justificou o prefeito na mensagem de veto.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                                                     LinkedIn                                                                                                    ,                                                                                                    Instagram                                                                                                    e                                                                                                    Facebook

Fonte: Campo Grande News

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade