Biscoitos saudáveis Da Magrinha crescem 65%

Avaliação:

(7 Avaliações)

Conteúdo Patrocinado por Da Magrinha -

O crescimento ocorreu no primeiro semestre do ano graças a lançamentos e conformidade dos produtos com as novas legislações sobre composição e rotulagem. Confira

O lançamento de um mix de produtos que atende mais de 50% do perfil de consumo dos brasileiros, segundo a ABIMAPI, associação que reúne fabricantes de biscoitos, massas, pães e bolos, somado a primeira marca 100% adequada às novas legislações de integrais e lupas garantiram o excepcional desempenho: aumento nas vendas de biscoitos Da Magrinha em nada menos de 65%.

Conheça alguns destaques do portfólio Da Magrinha

A diversificação de SKUs conta com a parceria de importantes varejistas como Carrefour, Lojas Americanas, Muffato, Bretas, Supernosso, Prezunic, Bistek, Koch e Trimais.

“Na rede Muffato, o projeto de biscoitos Da Magrinha já representa quase um terço da atuação da marca na rede. Esse avanço em menos de um ano mostra a força da categoria e da marca, ainda mais com a nova resolução das lupas de sinalização”, comenta Renata Cortese, gerente comercial da rede Muffato.

As novas legislações da ANVISA sobre integrais e lupas de alto teor estão causando uma “revolução no mercado de alimentos”. Elas trazem grandes mudanças como queda expressiva nas vendas de produtos com os selos de advertência e crescimento no consumo de produtos sem selos. Trata-se de uma tendência mundial que já está em vigor em países vizinhos com resoluções semelhantes.

No Uruguai, 58% dos consumidores afirmam ter mudado sua decisão de compra por causa dos selos de alto teor; cerca de 20% deixaram de comprar produtos que hoje têm os selos estampados nas embalagens e 23% passaram a comprar apenas produtos sem selos.

No Chile, praticamente 10% das pessoas não consomem produtos com selos de alto teor, ou seja, 1 em cada 10 consumidores. No Peru, perto de 37% das pessoas afirmaram ter deixado de consumir produtos com sinalizadores.

Segundo a ABIMAPI, o Brasil é o terceiro maior mercado de biscoitos do mundo (Fonte: https://www.abimapi.com.br/estatisticas-biscoitos.php ) com forte penetração em 99,7% dos lares do país. Importante ressaltar que no Chile a categoria de biscoitos foi a mais impactada, inclusive à frente de refrigerantes e bebidas com adição de açúcar.

Com experiência no mercado internacional e na gestão da categoria de saudáveis em importantes redes varejistas, a Da Magrinha conseguiu criar novas opções já adequadas à realidade do mercado brasileiro. Isso graças à estruturação tecnológica de seu avançado parque fabril e de pesquisas e desenvolvimento de produtos.

Atenta às principais tendências de mercado e buscando uma melhor exposição e experiência do produto para o consumidor final, as embalagens Da Magrinha chegam às gôndolas em stand-up pouch, com zíper abre e fecha, além de redução de 40% na utilização de plástico. Os ingredientes são livres de transgênicos e contam com formulações plant based. Muitos desses diferenciais chegam ao consumidor com uma boa relação custo-benefício graças à moderna planta fabril da empresa.

 

Fatia de consumo de biscoitos - Fonte: ABIMAPI

A Da Magrinha lançou dois novos produtos que dão maior força à sua linha de biscoitos: Cracker e Biscoito 7 Grãos, ambos já em conformidade com as novas legislações, como todos os produtos da marca com o selo Whole Grain (que garante que o produto é integral de verdade). Também se apresentam sem lupas de alto teor de açúcar adicionado, gordura saturada e sódio.

Conheça mais sobre a marca Da Magrinha através do link www.damagrinha.com.br

E se quiser conhecer um pouco mais sobre as novas legislações RDC nº 429 e RDC nº 493 acesse o link https://bit.ly/3Jv5iyJ e fique por dentro das mudanças.

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade