Bilionário francês vende sua participação no Carrefour

Avaliação:

(3 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Segundo fontes, a saída de Bernard Arnault reflete a frustração com o ritmo de recuperação dos resultados

Foto: Divulgação

Bernand Arnault não é mais acionista do Carrefour. O bilionário francês do segmento de luxo vendeu a participação de 5,7% que detinha na empresa, obtendo 724 milhões de euros pela operação. A iniciativa ocorre após a tentativa de tentar adquirir a empresa este ano. Segundo fontes próximas da negociação, a saída reflete a frustração do empresário com o ritmo lento de recuperação dos resultados. No comunicado oficial, no entanto, Arnault elogiou a atuação do executivo-chefe, Alexandre Bompard. “Nos últimos quatro anos, o Carrefour alcançou uma recuperação notável sob [o comando de] Alexandre Bompard”, disse Arnault. “Após 14 anos como acionista de longo prazo, nós simplesmente resolvemos redirecionar nossos investimentos.”

Desde que assumiu em 2017, Bompard tem feito reestruturações e alienado ativos, como sua divisão na China. O programa de corte de custos promovido pelo executivo nos últimos anos liberou dinheiro para fazer investimentos significativos em comércio eletrônico, que cresceu exponencialmente durante a pandemia de covid-19.

A empresa foi contatada em janeiro pela canadense Couche-Tard, que opera lojas de conveniência e postos de gasolina, para discutir uma tomada de controle que, se concretizada, a avaliaria em cerca de € 20 por ação. Mas o governo francês barrou as conversações, alegando que o Carrefour é uma empresa estratégica, importante para o abastecimento de alimentos e para a base agrícola do país.

A saída de Arnault deixará dois outros grandes acionistas no Carrefour, que também ocupam assentos no conselho de administração, de 13 membros. A família Moulins, proprietária da rede de lojas de departamentos Galeries Lafayette, detém uma participação aproximada de 10% desde 2014, enquanto o bilionário brasileiro Abilio Diniz possui cerca de 8% do capital da empresa, segundo dados da Refinitiv.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                         LinkedIn                                                        ,                                                        Instagram                                                        e                                                        Facebook                                                        !

 

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade