Auxílio Brasil deve injetar R$ 84 bilhões na economia este ano

Avaliação:

(0 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Desse montante, R$ 59,1 bilhões deverão ser para consumo imediato e o restante para a quitação de dívidas e consumo futuro

Foto: istock

O programa substituto do Bolsa Família, o Auxílio Brasil, deve injetar este ano cerca de R$ 84 bilhões na economia, segundo levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Desse total, cerca de R$ 59,1 bilhões devem ser usados para consumido imediato, os outros R$ 21,6 bilhões para o pagamento de dívidas e, apenas R$ 3,2 bilhões devem ser poupados para consumo futuro.

Para chegar a este montante, a CNC considerou o valor mínimo da parcela mensal de R$ 400,00.  “Como a gente não sabe quanto cada brasileiro vai receber, porque depende de outras variáveis, a gente fez a conta por baixo. Como o benefício mínimo é de R$ 400,00 pago a 17,5 milhões de famílias, durante 12 meses, isso perfaz R$ 84 bilhões”, explica o economista da CNC, Fabio Bentes.

O profissional ressalta ainda que o consumo imediato, não significa consumismo.  “Há necessidades de curtíssimo prazo, por conta da pandemia e da letargia da economia, e as famílias vão ter que fazer frente a esses gastos com alimentação, com medicamentos, serviços do dia a dia, transportes”, avalia.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                                                             LinkedIn                                                                                                            ,                                                                                                            Instagram                                                                                                            e                                                                                                            Facebook

Fonte: Money Time

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade