Atacarejo puxa expansão do Grupo Koch

Avaliação:

(1 Avaliação)

Reportagem SA Varejo -

Expectativa é de que faturamento cresça cerca de 9,3%, para R$ 3,5 bilhões este ano

Foto: Divulgação

O Grupo Koch espera encerrar o ano com faturamento de R$ 3,5 bilhões, um crescimento de 9,3% sobre os R$ 3,2 bilhões registrados em 2020. O crescimento vem sendo puxado pelo atacarejo. Somente este ano, a rede já inaugurou seis lojas da bandeira Komprão. A mais recente, em Blumenau, abriu as portas esta semana e recebeu R$ 25 milhões em investimentos, gerando 180 empregos diretos.

De acordo com o presidente do Grupo, José Koch, a inflação tem contribuído para o crescimento do atacarejo. “Tem a inflação e o salário nem sempre acompanha o movimento. Com isso, o consumidor adere aos atacarejos, onde consegue comprar com preço melhor, mais competitivo. A clientela está querendo e gostando mais desse modelo no momento”, afirma.

A nova unidade de Blumenau é a 40ª do grupo, que se consolida como o maior de Santa Catarina em número de lojas. As unidades do Komprão já são maioria na rede, 24 lojas do total de 40.

Ainda para este ano estão previstas a inauguração de quatro unidades: Itapema e Navegantes receberão pontos de venda do SuperKoch, do varejo tradicional, e Piçarras e Jaraguá do Sul serão contempladas com a bandeira Komprão.

Segundo o presidente, somente este ano o grupo desembolsará cerca de R$ 250 milhões no plano de expansão, com geração de 1,5 mil empregos nas 10 novas lojas. Outras metas são fechar o ano com 10 unidades da rede de farmácias FarmaKoch e inaugurar um novo centro de distribuição, de 50 mil metros quadrados, em Tijucas. O plano para 2022 prevê, inicialmente, de seis a dez novas unidades, mas ainda é preciso aprovar os projetos em definitivo.

“A gente está se estruturando para poder crescer. A gente vai continuar abrindo lojas no varejo, no atacarejo, sempre pensando na solidez da empresa. Essa é uma preocupação nossa, de não dar um passo maior que a perna”, ressalta.

O Grupo Koch já tem negócios em 22 cidades catarinenses e emprega diretamente 6,2 mil pessoas. Apesar do avanço para o Médio Vale e Norte catarinense, o presidente ainda enxerga espaço para crescer em regiões litorâneas, como Florianópolis e São José.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                                        LinkedIn                                                                                       ,                                                                                       Instagram                                                                                       e                                                                                       Facebook

Fonte: NSC Total

Veja mais sobre: Koch, Komprão, Blumenau, SuperKoch

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade