Atacarejo pode aumentar em 6 pontos percentuais participação no varejo alimentar

Avaliação:

(3 Avaliações)

POR ALESSANDRA MORITA -

Avaliação foi feita por Belmiro Gomes, CEO do Assaí, em videoconferência de resultados do 2º trimestre

Foto: Divulgação

O cash &carry ainda tem potencial para elevar seu marketshare no varejo de alimentos em aproximadamente 6 pontos percentuais nos próximos anos, segundo Belmiro Gomes, CEO do Assaí, em call de resultados, que aconteceu ontem (28/07). De acordo com o executivo, embora a penetração do formato em algumas regiões do País já esteja na casa de 92%, ainda há localidades em que o índice ainda é baixo, em torno de 42%. Estimativas de mercado, com base em dados da Nielsen, indicam que a participação do atacarejo seja de aproximadamente 40% sobre o total do autosserviço alimentar.

Entre os fatores que poderão continuar dando impulso ao modelo, está o cenário econômico, de aperto orçamentário, o que leva o consumidor a buscar por preço baixo. “Temos observado trade dowm de formatos, o que beneficia o Assaí e também o segmento de cash &carry”, afirmou Gomes, reforçando que os planos da companhia são de abrir 75 novas lojas até 2023.

Outro fator é a própria reabertura dos negócios que estavam fechados em função da pandemia. O movimento deve levar o consumidor a economizar a fim de direcionar recursos para consumos represados, como viagens e restaurantes. “Os serviços vão colocar pressão sobre a renda do consumidor”, analisou o CEO.

No segundo trimestre de 2021, o Assaí registrou faturamento líquido de R$ 10 bilhões, uma alta de 22% sobre igual período do ano passado. No conceito mesmas lojas, o crescimento foi de 9,2%. O Ebitda ajustado avançou 33% de abril a junho, alcançando R$ 793 milhões. Já o lucro líquido foi de R$ 305 milhões, aumentando 62%.No primeiro semestre fechado, as vendas líquidas atingiram R$ 19,5 bilhões, com incremento de 21,6% em comparação aos primeiros seis meses de 2020.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                         LinkedIn                                        ,                                        Instagram                                        e                                        Facebook                                        !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade