Assaí compra 71 lojas do Extra Hiper e avança no atacarejo. GPA desiste do segmento

Avaliação:

(5 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

O valor da operação foi estimado em R$ 5,2 bilhões, sendo R$ 4 bilhões pagos em parcelas de dezembro de 2021 a janeiro de 2024

Foto: Divulgação

O GPA desistiu do segmento de hipermercado e vendeu 71 lojas do Extra Hiper para o Assaí. De acordo com o memorando de entendimentos, o valor da operação está estimado em R$ 5,2 bilhões, sendo que R$ 4 bilhões serão pagos em parcelas entre dezembro deste ano e janeiro de 2024.

Para Jorge Faiçal, CEO do GPA, a transação representa uma oportunidade única de intensificar o foco e a aceleração da expansão dos negócios de maior rentabilidade da Companhia por meio dos segmentos premium e de proximidade, notadamente com as bandeiras Pão de Açúcar, Minuto e Mercado Extra, além de reforçar a posição de liderança do GPA no varejo e e-commerce alimentar no país. “O GPA pós transação representará uma plataforma com grande potencial de crescimento e reduzida alavancagem. A bandeira Extra Hiper será descontinuada e as lojas não abarcadas pela transação serão convertidas em formatos com maior potencial de rentabilidade”, afirma o executivo em comunicado.

Ele acrescenta ainda que “o hipermercado tem um desafio monstruoso, dado a expansão do atacarejo. Ele já está com mais de 35% de participação de mercado no alimentar, e tinha entre 15% e 20% poucos anos atrás. Estimamos que, no prazo de 5 a 6 anos, o atacarejo deve somar mais 500 a 600 lojas no país. Ele é o novo hipermercado brasileiro. Nesse cenário, nós tínhamos a opção de ir reduzindo a base de hiper aos poucos, depois da série de reestruturações que já havíamos tentado, mas decidimos fazer isso de forma mais substantiva”, disse Faiçal, em entrevista ao Valor.

Já o CEO do Assaí, Belmiro Gomes, afirmou que a transação permitirá uma importante aceleração da expansão combinada ao fortalecimento dos resultados através da conversão de lojas em pontos comerciais excepcionais, localizados em regiões adensadas e com baixa sobreposição com a plataforma atual de lojas do Assaí. “Este movimento é suportado pelo comprovado modelo de sucesso implementado na abertura de mais de 150 lojas na última década, das quais mais de 25 lojas oriundas do Extra Hiper, sendo que estas apresentaram rápida maturação de vendas e resultado superior à média da Companhia”, afirma. “Entendemos que é uma migração de pontos que deve durar de seis a sete meses a partir do começo de 2022.”

As unidades convertidas do Extra em Assaí tendem a atingir margem ebitda, que mede lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação, de 1 a 1,5 ponto acima da média. Essas 71 lojas vendem de R$ 8,5 bilhões a R$ 9 bilhões ao ano, mas, após a transformação em Assaí, elas devem vender ao ano cerca de R$ 25 bilhões ao atingir um estágio mais maduro, normalmente em seu segundo ano de operação.

Adicionalmente, o GPA assinou outro memorando com um fundo imobiliário vinculado à empresa SucessPar para vender, ao preço de R$ 1,2 bilhão, 17 ativos onde estão pontos do Extra e, posteriormente, locá-los ao Assaí por 20 anos, renováveis por mais 20 anos.

O Assaí também celebrou outro memorando de entendimentos com o Fundo regulando a locação, após a conclusão da transação, dos imóveis adquiridos pelo Fundo para Assaí, pelo prazo de 20 (vinte) anos, renováveis por igual prazo.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                                                                                        LinkedIn                                                                                       ,                                                                                       Instagram                                                                                       e                                                                                       Facebook

Fonte: Valor Econômico

Veja mais sobre: GPA, Assaí, Extra, Hipermercado

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade