Aquisição de lojas por fundos imobiliários pode crescer em 2021

Avaliação:

(3 Avaliações)

Reportagem SA Varejo -

Investidores se interessam por ativos com contratos de locação de longo prazo e altas multas recisórias

Ilustração: iStock

Dois fundos imobiliários têm se destacado ao apostar em imóveis nos quais operam lojas de supermercados. Um deles é o TRX Real Estate, administrado pela BRL Trust, que nos últimos meses adquiriu 40 imóveis do GPA, nos quais estão unidades das marcas Extra, Pão de Açúcar e Assaí.

O outro é o CSHG Renda Urbana, administrado pela Credit Suisse Hedging Griffo, cuja carteira conta com quase 55% de imóveis de supermercados, adquiridos do Walmart em meio à transição pela qual passou a companhia no país – hoje Grupo Big.   

A aposta de ambos é em ativos imobiliários com contratos de locação de longo prazo e altas multas em caso de recisão. De acordo com analistas, mais aquisições de imóveis devem ocorrer em 2021, inclusive com a possibilidade de novos players se interessarem em investir em ativos do segmento de varejo. Para as redes do setor, vender imóveis próprios pode significar geração de caixa para ser investido em outras prioridades.

“Um dos poucos segmentos que não fechou de jeito nenhum na pandemia foi o dos supermercados. E os aluguéis atuais foram fixados em período de forte crise no setor (2015 a 2020), o que aumenta a expectativa por aumentos acima da inflação nos próximos anos. O custo para o inquilino trocar de imóvel dificulta a possibilidade de rescindir um contrato”, analisou Ismael Fernandes, especialista no setor, em entrevista ao Valor Investe

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                        LinkedIn                       ,                       Instagram                       e                       Facebook                       !

Fonte: Valor Investe

Veja mais sobre: Imóveis, Fundo Imobiliário

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade