Ampliar percepção do consumidor pode ser estratégia para importados neste momento

Avaliação:

(2 Avaliações)

Alessandra Morita – alessandra.morita@savarejo.com.br -

Com maior valor agregado, manter as vendas desses produtos é importante para os supermercados rentabilizarem o negócio

Os produtos importados cumprem um importante papel no sortimento do varejo: o de contribuir para elevar o tíquete médio e a margem de lucro. Mas como lidar para o dólar alto não impactar as vendas desses produtos? Uma estratégia é fazer com que o consumidor atribua a esses itens valores intrínsecos, associados a sentimentos e sensações, deixando o preço em segundo plano.  

A Casa Flora é uma das empresas que apostam nessa estratégia para ajudar os varejistas. “Temos trabalhado para fazer com que o consumidor tenha uma maior percepção do produto: seja enxergando nele uma forma de se presentear, de ter um momento agradável ou de indulgência”, diz Antônio Pereira Carvalhal Neto, diretor comercial e de marketing da importadora.

Foto: Divulgação

Uma das principais iniciativas da empresa nesse sentido é fazer com que o consumidor entenda mais sobre o consumo deles. Um exemplo são as lives em que um sommelier explica sobre o processo de produção de vinhos, os tipos de uvas, as características das regiões, a história das vinícolas, entre outros aspectos. O mesmo pode ser feito com bebidas como cervejas importadas e alimentos – caso de massas e atomatados.

Outra frente tem alicerce em seu vasto portfólio de produtos que vêm de fora. “Conseguimos ter um leque amplo, inclusive com opções acessíveis, abrangendo todos os momentos e classes sociais”, diz Neto. O diretor comercial explica que essa variedade está alinhada à missão da Casa Flora de tornar a mesa do consumidor mais agradável.

Comportamento e desempenho

A categoria de vinhos é uma das que mais foram impactadas pelas mudanças de hábito desde o início da pandemia. O número de consumidores regulares da categoria alcançou 39 milhões de pessoas em 2020, segundo levantamento da Ideal BI Consulting, empresa de auditoria de importação e inteligência de mercado especializada em alimentos e bebidas. Com isso, o consumo per capita ficou em 2,78 litros.

O varejo alimentar foi o canal mais beneficiado no período. Saiu de uma participação na casa de 70% para 85%. “Um dos fatores que contribuíram para isso foi o avanço do e-commerce alimentar”, explica Neto. Além disso, o setor tem uma boa oportunidade para desenvolver a categoria. Pesquisas de mercado indicam que os consumidores estão propensos a experimentar opções de novos produtores, países e uvas

Entre os vinhos comercializados pela Casa Flora que têm tido uma boa saída no varejo, estão os da linha chilena Santa Carolina, e o italiano Conte Corsano, no segmento custo e qualidade. Nessa faixa, outro destaque, já na linha de alimentos, é a marca de atomatados e massas Paganini, que, segundo a empresa, também tem uma boa performance nos supermercados.

Na esteira do crescimento da categoria de cervejas especiais, a Casa Flora vem ampliando seu mix. Um dos lançamentos recentes são as novas embalagens em lata da alemã Paulaner, além de variantes como a Paulaner Lemon Radler e Paulaner Salvator, produzida por monges budistas. Soma-se a elas a jamaicana Red Stripe.

Atendimento ao varejo

Além das gigantes do setor, a Casa Flora tem entre seus clientes as redes regionais BH (MG), Mundial (RJ), Pastorinho (SP), Mambo (SP) – só para citar alguns exemplos. A empresa conta com força de vendas para atendimento direto. O time se baseia em ferramentas que oferecem dados de vendas, o que ajuda a sugerir produtos específicos conforme clusters de lojas e clientes.

Já o atendimento indireto é feito por meio de uma parceria com a distribuidora Porto a Porto, sediada em Curitiba, mas que conta com capacidade de entrega em todo o País.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                LinkedIn               ,               Instagram               e               Facebook               !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade