Relação com funcionários passa por mudanças rápidas

Avaliação:

(5 Avaliações)

Alessandra Morita e Fernando Salles - redacao@savarejo.com.br -

Para Sidney Manzaro, VP de mercado Brasil da BRF, a essência humana terá grande peso sobre as companhias

O julgamento que as equipes fazem das organizações a partir da maneira como agem com as pessoas será cada vez mais importante na imagem das companhias.

“Há uma lente dos colaboradores sobre as empresas que define se eles têm orgulho ou não do que estamos fazendo. Essa é uma transformação que está acontecendo numa velocidade imensa”, afirma Sidney Manzaro, VP de mercado Brasil da BRF .

Para se ter o respeito da equipe, pesam as mais diversas atitudes e iniciativas. Desde os cuidados com a segurança deles até ações de responsabilidade social e solidariedade implementadas, além de decisões com base em sustentabilidade. Tudo isso, acredita o executivo da BRF, vai ser avaliado também por parceiros e clientes das companhias. Julio Lohn, diretor comercial do Mundial Mix, lembra que o ser humano é o maior patrimônio de uma empresa. “Tentamos mostrar aos nossos colaboradores o quanto são importantes com iniciativas simples. Quando chegou o álcool gel, por exemplo, o primeiro lote foi destinado para que levassem para casa, pois sabíamos da preocupação deles com suas famílias”, conta.

Olhar do cliente também pesa

“Estamos tendo muito reconhecimento da nossa clientela em função do relacionamento que desenvolvemos com as pessoas, que é movido por transparência e qualidade, além de investimentos constantes em nossos colaboradores”, afirma Severino Ramalho Neto, diretor-presidente do Mercadinhos São Luiz (CE).

“O que vai pesar sobre as empresas daqui para frente é a essência humana delas. Lidamos com pessoas que têm sentimentos, e esse atributo será muito avaliado por quem está próximo de nós, como nossos funcionários”

SIDNEY MANZARO
VP de Mercado Brasil da BRF

Esta matéria integra reportagem especial de SA Varejo sobre transformações profundas, quebra de paradigmas e evoluções no varejo na pandemia que permanecerão gerando impactos. Clique nos links para conferir todos os textos: 

Loja física deve oferecer objetividade na jornada de compra 

Consumo sem sair de casa continua forte

Em algumas categorias, nível de consumo deve seguir acima do período pré-Covid

E-commerce é o principal legado da pandemia

Concorrência digital avança sobre as vendas de alimentos

Colaboração entre varejo e indústria ganha produtividade

JBP vive adaptação à nova realidade

Promoções devem ser mais simples e diretas

Varejo e indústria precisarão revisar sortimento

Ruptura: novidades na busca por índices menores

Expansão exige precisão cirúrgica

Fluxo de caixa: é hora de maior disciplina na gestão

Novo shopper exige transparência e confiança do seu supermercado

Aliar experiência a novos aprendizados é fundamental aos empresários do setor

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:     LinkedIn    ,    Instagram    e    Facebook    !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade