Promoções de Natal precisam ser mais inteligentes

Avaliação:

(0 Avaliações)

Alessandra Morita - alessandra.morita@savarejo.com.br -

Momento pode ajudar a recuperar margem, mas é preciso evitar ações com produtos que seriam vendidos mesmo sem rebaixa de preço

Quase 40% dos varejistas pretendem aumentar o número de produtos em oferta, conforme constatou a sondagem de SA Varejo com cerca de 110 profissionais do setor. Considerando o cenário de aperto de renda com o qual boa parte da população deve chegar ao período de Festas, o resultado não surpreende.

Pela mesma razão, também não causa espanto o fato de 51% dizerem que vão manter a quantidade de itens promocionados em relação a 2019. A questão principal aqui é a eficiência das ações. Há diversas pesquisas no mercado indicando que a grande parcela das iniciativas diz respeito a produtos que seriam vendidos mesmo sem rebaixa de preço. Num momento importante como as Festas, o varejista precisa ser cirúrgico nos produtos que pretende colocar em oferta durante o período.

É necessário recuperar margens, por isso estamos falando sobre Natal e Ano-Novo com nossos clientes sob a ótica de ações mais inteligentes”, afirma Caio Lira, VP de canal off trade da Ambev , presente no 18º Webinar de SA Varejo, que discutiu as perspectivas de Natal. “Precisamos evitar subsidiar uma venda que já aconteceria”, completa. Segundo o executivo, a ideia, junto ao varejo, é fazer estudos para entender os SKUs mais efetivos de serem ofertados. “Em vez de promocionar aleatoriamente itens que têm um comportamento mais inelástico, pode ser interessante fazer uma ação envolvendo a versão PET de maior tamanho num modelo leve mais e pague menos”, exemplifica o executivo.

Com relação às ofertas de preço neste Natal e Ano-Novo, o varejista brasileiro pretende:

9,3% reduzir o número de itens promocionados em 2020

39,3% aumentar o número de SKUs em oferta

51,4% manter o número de itens em promoção igual ao da data em 2019

CERVEJAS DE MAIOR VALOR AGREGADO CRESCEM MAIS

Embora muitos consumidores já tenham tido queda na renda, a Ambev constatou que a alta de vendas de cervejas premium e do segmento power plus, com maior valor unitário, foi maior do que a de outros tipos. Uma das apostas da empresa é a Brahma Duplo Malte, que, segundo Lira, é um dos maiores cases de lançamento da companhia nos últimos cinco anos. A marca, diz ele, já é líder do segmento no Brasil. Por isso, a empresa está bem preparada em termos de produção para suprir a crescente demanda.

 

LEIA TAMBÉM:

Natal: as Festas serão do varejo alimentar

Carnes natalinas: novos hábitos e previsão de vendas

Natal: Presença digital nunca foi tão importante

Oito novidades dos fornecedores para este Natal

Bauducco e Nestlé revelam expectativas e estratégias para o fim do ano

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                          LinkedIn                         ,                         Instagram                         e                         Facebook                         !

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade