JBS investe US$ 12,5 milhões para acelerar inovação

Avaliação:

(2 Avaliações)

Por Alessandra Morita, de Fort Collins e Greeley (EUA)* -

Empresa inaugurou um centro global para pesquisas e estudos em parceria com universidade americana. Novos produtos estão na lista de projetos em andamento

A JBS investiu US$ 12,5 milhões em um Centro Global de Inovação de Alimentos em parceria com a Universidade do Estado do Colorado , localizada em Fort Collins (EUA). O valor, doado à instituição, com quem mantém parceria, faz da empresa a principal patrocinadora da unidade, cujo investimento total foi de US$ 20 milhões – o restante dos recursos foi arrecadado pela universidade por meio de contribuições filantrópicas. A instalação – inaugurada oficialmente na terça-feira, 09/04 – deve acelerar as inovações na empresa, uma vez que serão realizados estudos e pesquisas que buscam avanços em segurança alimentar, ciência da carne e bem-estar e manejo de animais. O projeto também contempla um programa de desenvolvimento de funcionários. 

Para André Nogueira (foto), CEO da JBS USA, um dos pontos de grande importância é a segurança alimentar. “Existe uma demanda cada vez maior por produtos fabricados a partir de boas práticas nessa área. Além disso, os governos estão avançando rapidamente em tecnologias que permitem identificar exatamente de qual planta vêm os produtos, em caso, por exemplo, de alguma coisa acontecer com o consumidor. O mesmo vale para a questão do bem-estar animal”, afirma. 

Segundo o executivo, o investimento da companhia é fundamentalmente em pessoas: funcionários, estudantes, profissionais e pesquisadores. Chris Gaddis, head global de recursos humanos da JBS, acrescenta que o novo centro fará com que seus colaboradores recebam maior conhecimento acadêmico, o que contribui para ampliar a capacidade de inovação da empresa. 

Outra frente é o desenvolvimento de produtos. De acordo com Cameron Bruett, diretor de assuntos corporativos da JBS USA, com o recém-lançado centro, será possível acelerar o desenvolvimento de produtos de maior valor agregado, alinhados com as novas tendências. “Dessa forma, conseguiremos promover um trade up de consumo, ficando menos suscetíveis a segmentos de produtos com maior sensibilidade a preço”, avalia. Para se ter uma ideia, já há inclusive estudos sobre proteínas substitutas da carne. 

Visita ao Centro

Com 3.500 m2, o centro de inovação deve ser utilizado, na prática, por cerca de 200 pessoas. Ao andar pelo espaço, é possível identificar ambientes muito parecidos com os de uma fábrica da JBS. “Queremos ensinar os princípios básicos de todo o processo para nossos estudantes”, explicou Keith Belk, Monfort Chair de Ciências e Diretor do Centro de Segurança e Qualidade da Carne, que guiou a visita de SA Varejo, além de outros veículos brasileiros, às instalações, pouco antes da inauguração oficial. 

Em uma das áreas, foi reproduzido o piso em que são criados animais confinados e o piso ao qual estão habituados os que ficam no pasto, ajudando nos estudos sobre bem-estar e manejo. Há salas de manuseamento e de processamento e espaços equipados com forno, além de câmaras de armazenamento de alimentos resfriados e congelados, entre outros ambientes. 

Existe ainda uma cozinha e um espaço para realização de testes com alimentos e demonstrações culinárias. “A JBS quer encontrar novos produtos para seus consumidores. Por isso, vamos trazê-los para cá e fazer perguntas para entender o que pensam sobre o que está sendo desenvolvido”, comentou Belk. Soma-se a tudo isso o laboratório de segurança alimentar e microbiologia, onde serão aprofundados estudos nessas áreas. “Outro ponto importante é que mediremos a qualidade de todos os tipos de alimentos, pois nosso objetivo é evoluirmos os produtos”, completou. 

*A jornalista viajou a convite da JBS

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn   ,   Instagram   e   Facebook   !

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade