GPA recolhe cervejas de marca exclusiva por variação de sabor

Avaliação:

(1 Avaliação)

Reportagem SA Varejo -

Problema detectado em alguns lotes não oferece qualquer risco à saúde, de acordo com a empresa

O GPA recolheu das lojas as garrafas de sua cerveja da marca exclusiva Fábrica 1959, lançada há quase três meses. O motivo foi a identificação de sabor mais azedo do que o normal em alguns lotes.

Acionada, a Cervejaria Imigração, responsável pela fabricação do produto, realizou análises e identificou "alterações sensoriais no lote 1 do estilo Pilsen e nos lotes 1 e 2 do estilo Weiss decorrentes da incorporação maior de oxigênio durante o envase”. O problema detectado não oferece qualquer risco à saúde e, segundo o GPA, “os ajustes necessários já foram realizados para que fatos como esse não ocorram novamente".

Mesmo assim, a empresa decidiu descartar os lotes da cerveja artesanal com alteração de sabor "a fim de garantir a melhor experiência aos seus clientes". 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn   ,   Instagram   e   Facebook   !

 

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade