Chuvas causam prejuízo de R$ 110 milhões no varejo paulistano

Avaliação:

(1 Avaliação)

Por Redação SA Varejo -

Além das vendas, impacto também acontece sobre o abastecimento de mercadorias para o restante da semana

Acima do normal, as chuvas de ontem (10/02) na capital paulista e Grande São Paulo devem causar perdas de R$ 110 milhões. Essa é a previsão para o varejo paulistano da Fecomercio-SP (Federação do Comércio do Estado de São Paulo).

Esse valor inclui supermercados e farmácias, entre outros segmentos que têm maior dependência da compra por impulso. O montante representa 0,4% das vendas mensais. O impacto não é maior porque a segunda-feira costuma ser um mais fraca. 

Entretanto, é o dia da semana em que ocorre boa parte das reposições de produtos, sobretudo para terça e quarta-feira. Isso significa que o reabastecimento fica parcialmente comprometido. Ontem, especificamente, o envio de perecíveis foi dificultado, pois muitas vias de acesso estavam intransitáveis. 

Algumas unidades das bandeiras Minuto Pão de Açúcar e Extra Hiper estavam sem receber embutidos e carnes. Dona das marcas, o GPA afirmou que a operação ocorreu dentro da normalidade, considerando as dificuldades inerentes da situação, mas não forneceu mais detalhes.

Já nas redes sociais, colaboradores de redes varejistas, localizados nas marginais da cidade de São Paulo, como o Carrefour , relataram que algumas lojas funcionaram parcialmente devido a acessos fechados e a falta de funcionários.

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:                  LinkedIn                 ,                Instagram                 e                 Facebook                 !  

Fonte: Valor Econômico

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade