E-commerce vive situação crítica no cadastro dos produtos

Avaliação:

(0 Avaliações)

Por Janaina Langsdorff - redacao@savarejo.com.br -

Descrições pobres e falta de detalhes nas informações prejudicam vendas online. Para piorar: a maioria dos sites no Brasil está aquém do desejável

Se problemas no cadastro podem gerar perda de vendas nas lojas físicas, no online a situação é ainda mais grave. “Em dois cliques o cliente já está em outra loja, então perde-se mais facilmente cliente no e-commerce”, avalia Luís Fernando Costa, consultor e líder de projetos da Falconi . Sua avaliação é reforçada por uma pesquisa da Lett . Segundo o E-commerce Quality Index (EQI), indicador criado em 2008 pela consultoria para medir a qualidade das informações apresentadas no comércio eletrônico, a falta de dados no cadastro dos produtos é uma das principais explicações para o índice de 96% de insatisfação com a experiência de compra online. Quando os dados são escassos ou confusos, 53% dos consumidores tendem a migrar para outro site, e apenas 13% voltam à loja. De forma geral, a gestão eficiente do cadastro no ambiente digital aumenta a taxa de conversão em até 30%. Veja a seguir como tornar seu e-commerce mais eficiente a partir de dados que devem constar no cadastro:

Categorize os produtos corretamente

  • Crie um título que realmente descreva o item do produto. Os títulos dos e-commerces no Brasil têm em média 56 caracteres, alcançando o índice de 94% de aprovação

  • Faça uma descrição completa e com detalhes técnicos do produto. Testes realizados pela Lett mostram que páginas com mais de 300 palavras possuem tempo de permanência 43% superior em comparação às páginas com até 25 palavras. A média das descrições brasileiras, contudo, não passa de 140
  • Aposte em imagens de qualidade em diversos ângulos. Esse é um dos mantras do cadastro no e- -commerce, segundo o indicador da Lett. As ilustrações são condição de compra para quase metade dos consumidores ouvidos no estudo, mas cerca de 40% dos produtos avaliados possuem apenas uma imagem cadastrada. O ideal são três ilustrações ou mais

Contar com ajuda da tecnologia também é importante. A própria Lett possui uma plataforma que faz o gerenciamento do cadastro de produtos, incluindo vídeos e imagens no padrão correto, ficha cadastral, dados técnicos, entre outras informações que são devidamente catalogadas e entregues ao varejo. A sincronia de dados envolve algoritmos que fazem uma auditoria de descrição do produto e buscam a melhor identificação. O serviço é customizado, garantindo a padronização por meio de informações, como marca, peso, volume e tamanho. A solução também centraliza o histórico de mudanças, permitindo que o cliente acompanhe toda a evolução do cadastro.

Sobre a pesquisa
O estudo da Lett avaliou 119 sites e mais de cinco milhões de páginas de produtos no Brasil, Estados Unidos, Chile, México, Argentina, Colômbia e Peru. Aqui no País, foram pesquisados 78 sites, o equivalente a 70% do faturamento do e-commerce no Brasil. Em parceria com a Opinion Box, o estudo da Lett ouviu mais de dois mil consumidores entre fevereiro e março de 2019.

 

Leia também: 

Parte 1: Evite erros no seu cadastro

Parte 2: Conheça ferramentas para um cadastro eficiente

 

Quer ter acesso a mais conteúdo exclusivo da SA Varejo? Então nos siga nas redes sociais:    LinkedIn   ,   Instagram   e   Facebook   !

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade

Guia de Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade