Elevar a oferta de alimentos frescos, eficiência no abastecimento e retorno das promoções estão na pauta das suas estratégias?

Avaliação:

(1 Avaliação)

Sergio Alvim -


Foto: Pinterest


É um fato que o varejo precisa olhar loja a loja para definir suas estratégias. Mas uma visão de fora pode ajudar a questionar ou balizar iniciativas. Recentemente, uma pesquisa publicada no portal da Supermarket News apontou as estratégias que estão no rada do varejo americano para este ano. Lá, a expectativa de 80% dos varejistas é de que as vendas do 1º semestre sejam iguais às do mesmo período de 2020 ou até maiores. 

Introduzir ou ampliar o serviço de entrega em que o cliente retira a compra online sem sair do carro está nos planos de 48% das empresas. Na sequência vêm melhorar a eficiência do abastecimento (42%), retornar com promoção nas lojas (39%) e expandir a oferta de alimentos frescos (36%). 

Dos pontos acima, um alerta importante: no Brasil, sabemos que de 20% a 50% das promoções não geram aumento de vendas e que entre 20% e 30% da alta na receita não compensa a redução de margem. As ofertas podem, sim, acontecer, mas precisam de uma boa estratégia. Também é importante utilizar os dados do CRM para customizar as ações e ter melhores resultados. 

 

Comentários

Comentar com:
Publicidade
Publicidade

Solução Sortimento

Navegue por todas as seções para obter informações sobre o desenvolvimento de categorias e sobre as marcas e fornecedores mais bem avaliados:

BUSCAR
Publicidade